Basta entrar em qualquer café ou padaria, os pastéis de nata estão sempre lá. Mas há uma boa diferença entre só comer um pastel de nata qualquer ou realmente provar um BOM exemplar da pastelaria portuguesa. Afinal, alcançar o equilíbrio perfeito entre a crocância da massa que estala com a mordida e o recheio com a dose certa de consistência, cremosidade e doçura não é para todos! Ah, e eles precisam ser gostosos tanto quentinhos, quanto já frescos! Para não errar, anote aí as nossas dicas de pastelarias com os melhores pastéis de nata em Lisboa!

1) Manteigaria


Não é difícil encontrar a pequena loja da Manteigaria, no Chiado. E não só pela bela fachada no estilo Arte Nouveau. Mas também pelas filas que costumam se formar na porta. Não há mesas, apenas um balcão onde se servem os pastéis de nata (vendidos por 1 euro). Como o ambiente é todo aberto e de vidro, dá para conferir de pertinho o preparo da massa folhada, do creme indo para as formas e as fornadas que vão saindo.



Apesar da Manteigaria não ser tão antiga quanto outros estabelecimentos (a primeira loja foi aberta em 2014), eles estão entre os mais queridinhos dos turistas. E também de muitos locais. Diz-se que o segredo está na manteiga utilizada na receita, importada da França! A disputa é acirrada com os tradicionais pastéis de Belém. Melhor provar e eleger o seu favorito! Ah, também é possível prová-los no famoso Mercado da Ribeira.


2) Mercado do Peixe


Todo ano acontece a eleição do Melhor Pastel de Nata de Lisboa, no Festival Peixe em Lisboa, um dos maiores eventos gastronômicos da cidade. E o grande vencedor de 2018 foi o Mercado de Peixe, localizado na Ajuda. Ou seja, o local é uma ótima alternativa para aproveitar uma experiência completa com o melhor da culinária portuguesa: dos deliciosos peixes e mariscos aos pastéis de nata para sobremesa. O grande responsável pelo título é o Paulo de Oliveira, pasteleiro desde os 14 anos. Incrível, né?


3) Pastelaria Batalha


O pastel de nata da Batalha é o outro que facilmente garante seu lugar entre os preferidos do concurso do Melhor Pastel de Nata de Lisboa (este ano, ficou em terceiro). Há três endereços em Lisboa, mas a lojinha mais próxima do circuito turístico é a da Praça Luís de Camões, no Chiado. Além dos pastéis de nata, outras especialidades da cozinha lusitana também chamam atenção por lá, como as queijadas e os pastéis de feijão. Se você quiser, também pode participar do Workshop de Pastéis de Nata, onde além de preparar a iguaria, também aprende-se mais sobre a história dos pastéis e da profissão do pasteleiro.


4) Aloma




Os dizeres “O melhor pastel de nata” na fachada da pequena pastelaria no bairro de Campo de Ourique chamam atenção. E seus pastéis de nata também. A Aloma abriu suas portas em 1943, mas a fama cresceu após ganharem o prêmio de Melhor Pastel de Nata em 2012, 2013 e 2015, indo parar em reportagens do New York Times e da CNN. O pastel se destaca pela textura do recheio, vale provar!


5) Confeitaria Nacional


Fundada em 1829, a Confeitaria Nacional é a mais antiga confeitaria de Lisboa e os pastéis de nata são o produto mais vendido por lá. O estabelecimento é ainda famoso por sua receita de bolo-rei (a mesma desde 1875), um clássico do Natal português. A visita vale ainda por conta da arquitetura e decoração antiga da loja.


6) Nata Lisboa


A Nata Lisboa é uma ótima parada para quem está pertinho do Castelo de São Jorge e quer tomar uma bica (se você não sabe do que eu estou falando, dá uma olhada no tópico 8 desse post aqui) e um pastel de natal. Sob o slogan “The world needs nata(O Mundo Precisa de Nata), a marca já cruzou fronteiras e além das lojas em Portugal, está presente em cidades de outros países, como Barcelona, Paris e Abu Dhabi.


7) Fábrica da Nata


A vitrine aberta de vidro atrai os olhares de quem passa pela Praça dos Restauradores a ficar observando como é preparada esta delícia da culinária de Portugal. E vale ceder à gula para prová-los no interior da loja, onde é possível sentar e conferir a decoração nos tons de azul dos famosos azulejos portugueses. Há ainda outra loja na movimentada Rua Augusta.


8) O Pãozinho das Marias


O pastel d’O Pãozinho das Marias levou o primeiro lugar do concurso do Peixe em Lisboa em 2017. Para prová-los é preciso ir até a Vila da Ericeira, localizada a cerca de 35 km do centro de Lisboa, onde há duas lojas que servem a iguaria. É uma típica pastelaria portuguesa, com certeza!


9) Pastelaria Alcôa


Se você está passeando pelo Chiado e ouve o sino da Alcôa tocar é porque saiu uma nova fornada de pastéis de nata. Além da especialidade portuguesa, o balcão está sempre repleto de outros doces, como os pudins de São Bernardo, os queijinhos do céu, os mimos de freira e cornucópias. Esta é a única unidade em Lisboa da famosa pastelaria conventual de Alcobaça, cidade portuguesa do distrito de Leiria.


10) O Balcão do Marques


O movimentado Balcão do Marquês é o destino certo para comer pastel de nata se você está próximo da Praça Marquês de Pombal. O local costuma estar cheio, tanto no pequeno-almoço (café da manhã) quanto no almoço, por conta do intenso movimento da zona empresarial. Mas não deixe isso atrapalhar a sua experiência gastronômica!



E os pastéis de Belém?


Sim, claro que não posso deixar de falar dos pastéis de Belém. Afinal, foi em 1837, na antiga Confeitaria de Belém (hoje apenas Pastéis de Belém) que nasceram os queridos pastéis. A receita segue um segredo muito bem guardado. Mas é preciso esclarecer: pastéis de nata não são pastéis de Belém; mas os pastéis de Belém são, sim, pastéis de nata. Afinal, pastéis de Belém só em Belém, né (a marca é registrada)?

Dá para comê-los no balcão, mas faça do jeito certo e garanta uma mesa no extenso interior decorado de azulejos azuis e brancos!