Pequeno manual de como tirar seu visto para os Estados Unidos

Há 180 dias

Há boatos por aí que logo logo os brasileiros não precisarão mais de visto para entrar nos Estados Unidos. Mas infelizmente ainda é necessário apresentar o documento para visitar a terra do Tio Sam, seja a passeio, seja a trabalho. Apesar de a palavra burocracia vir do francês (de “bureaucratie”), os americanos a incorporaram muito bem ao seu vocabulário e são rígidos com quem quer conhecer a América. Para ajudar nessa saga preparamos um pequeno manual de como tirar seu visto para os Estados Unidos.

Use o nosso buscador e encontre as melhores tarifas que os nossos usuários encontraram para os Estados Unidos.

Vamos lá:

1° PASSO: Separe os documentos necessários

O documento básico para qualquer brasileiro realizar viagens ao exterior é o passaporte. Para tirar o seu, é preciso procurar a Polícia Federal.

Atenção: quando a validade do seu passaporte vence, mas o visto ainda está valendo, é preciso tirar outro passaporte e embarcar com os dois (o novo e o velho).

Observação: Em alguns países você consegue entrar sem passaporte. Veja aqui quais são eles!           

2° PASSO: Preencher a solicitação de visto online

 O formulário online que dá início ao processo de obtenção do visto americano é chamado de DS-160 e está disponível através deste link. Para completar as informações (todas em inglês), é preciso ter o passaporte em mãos, saber o número de registro de vistos americanos anteriores, ter as datas de entrada e saída dos Estados Unidos e mostrar que você tem um lugar para ficar (nome do hotel ou endereço da casa de um amigo, por exemplo). É antes de preencher o DS-160 que você escolhe o local de aplicação do visto, que pode ser São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro ou Recife.

3° PASSO: Pagar a taxa e agendar horário para a entrega dos documentos

Desde que as regras para a obtenção do visto mudaram, é preciso reservar dois dias para o procedimento: um para a entrega dos documentos solicitados e outro para a entrevista no Consulado Americano ou na Embaixada. Mas antes de escolher a data, é preciso pagar a taxa MRV, correspondente ao visto de turista, no valor de US$ 160. O pagamento pode ser feito via internet ou telefone com o cartão de crédito ou ainda por boleto bancário. Tanto os agendamentos quando o pagamento da taxa podem ser feitos no site do CASV. Você escolhe também se quer retirar seu visto pessoalmente ou se quer recebê-lo pelo correio.

4° PASSO: Entregar os documentos

É bem simples: basta levar o passaporte e a confirmação, emitida depois de completar o formulário DS-160, a um Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV).

Dica amiga: não carregue  celular e aparelhos eletrônicos como iPod, nada disso pode entrar no local.

5° PASSO: Entrevista no Consulado

É a hora que bate aquele nervosismo! Esqueça os casos de quem teve o visto negado e foque no seu objetivo nessa viagem. Esteja confiante e pronto para esclarecer os propósitos da sua viagem, de preferência mostrando documentos que comprovem o seu discurso, como cópias dos vouchers do hotel ou entradas para os parques temáticos da Disney. Ah! E jamais deixe para a última hora: os horários são bem disputados nos consulados.

A entrevista acontece no endereço que for mais próximo de você:

Embaixada em Brasília (SES – Avenida das Nações, Quadra 801, Lote 03, 61/3312-7000)

Consulado no Recife (Rua Gonçalves Maia, 163, 81/3416-3050)

Consulado no Rio (Avenida Presidente Wilson, 147, 21/3823-2000)

Consulado em São Paulo (Rua Henri Dunant, 500, 11/5186-7000)

O visto de turismo para os Estados Unidos pode ter até 10 anos de validade.

Renovação do visto:

Quem precisar só renovar o visto também precisa marcar horário, entregar documentos e, claro, pagar a taxa.  Mas atenção: só podem ser renovados os vistos emitidos após 1° de janeiro de 2008.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez duas alterações nesse processo: antes eram dispensados da entrevista quem desse entrada na renovação até 48 meses após o vencimento da licença. O prazo, agora, diminuiu para 12 meses. Ou seja, quem estiver com o visto vencido há mais de um ano, será preciso passar por nova entrevista.

A outra mudança é que, a partir de agora, somente quem tem menos de 14 ou mais de 79 anos está dispensado da entrevista (mesmo quando solicita o visto pela primeira vez). Antes, adolescentes de 14 e 15 anos e idosos acima de 66 anos não precisavam realizar a entrevista no consulado.

Agora é só aproveitar as promoções incríveis de passagens aéreas do Voopter para os Estados Unidos e rumo ao planejamento da viagem!!!

Enquanto você resolve a situação do visto, pode criar um alerta de preços para os EUA no Voopter, caso ainda não tenha encontrado uma num preço legal. Sabendo quando você pode viajar e o quanto pode pagar, o Voopter te avisa no momento em que o voo perfeito para você surgir. Fácil demais! A tecnologia é mesmo muito maravilhosa!!!!

Esse conteúdo foi útil para você? Se sim, compartilhe com seus amigos e pessoas que você achar que pode ajudar. Vai que você ajuda alguém que, assim como você, também está querendo viajar para os Estados Unidos e precisa dessas informações.

Esta oferta/dica foi escrita por Naima Saleh

Jornalista inquieta e curiosa assumida, ama viajar para trabalhar e só trabalha para poder viajar. Já mochilou de Couchsurfing pela Europa, mas também já pagou de phyna nos melhores museus de Nova York. Para ela, viajar é buscar os programas mais legais independente do seu orçamento - e depois dividir os achados aqui no Voopter, claro!

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções