Extravio de bagagem

Teve mala extraviada? Veja aqui o que fazer e como correr atrás dos seus direitos

Você planeja a viagem; se prepara (às vezes) um ano pra esse momento; arruma a mala com todo carinho separando as melhores roupas; chega com antecedência no aeroporto; faz seu check-in; embarca; pousa no destino desejado…. E a sua mala não chega!

Esta história já aconteceu comigo. E também com alguns amigos e provavelmente com alguém que você conheça. Infelizmente é uma cena comum em qualquer aeroporto no mundo, principalmente para aqueles que viajam com frequência. E posso dizer que não tem nada mais chato do que ver todas as malas na esteira, menos a sua!

Aproveitando a alta temporada que está vindo por aí e os quase 6 mil voos extras da Latam e Gol, fizemos um passo a passo explicando as principais causas para acontecer o extravio de bagagem, como evitar e como correr atrás dos seus direito,s caso isso ocorra.

Motivos para ter sua bagagem extraviada

Conexões – A principal causa do extravio de bagagem é a conexão. Se a conexão for curta, essa chance aumenta já que nem sempre tem tempo hábil para acharem sua mala dentro do avião e levarem para outra aeronave. 

Falha – Todo esse processo é feito manualmente e, portanto, possível de falha. Tudo bem que depois de etiquetadas, as malas são revisadas algumas vezes até entrar no avião, mas errar é humano e falhas, neste processo, acontecem.

Engano na hora da retirada – Às vezes a sua mala até sai na esteira, mas alguém se confunde e acaba pegando por engano! Como não há ninguém para checar se a mala que você retirou da esteira é de fato sua, esse tipo de engano pode acontecer.

Como evitar

Identifique sua bagagem – Identificar é essencial! Tanto do lado de fora quanto de dentro. Coloque as informações principais, como telefone, e-mail e endereço.

Coloque adereços – Adereços ajudam a identificar a sua mala. E aí vale tudo, desde fitas do Senhor do Bonfim até elásticos coloridos. Qualquer coisa que ajude a identificar é bem-vindo!

Diga não a malas monocromáticas – Na hora de comprar uma mala, evite malas que tenham uma cor só. Essas são as mais fáceis de serem confundidas.

Confira sua etiqueta – Ao despachar sua bagagem você recebe um comprovante (geralmente colado no cartão de embarque). Confira se as informações do seu comprovante estão iguais à etiqueta da sua bagagem!

Fique longe das conexões – A gente sabe que nem sempre é possível, mas se puder escolher opte sempre por voos sem conexão. E se ainda assim precisar fazer uma parada, certifique-se que tem tempo suficiente.

Check-in com antecedência – A companhia aérea pede para chegar ao aeroporto com cerca de 3h de antecedência. Entre outros fatores, isso ajuda na hora de despachar a mala. Quanto mais cedo, menor é a chance da mala se perder até a chegada na aeronave.

Seguro viagem – Faça seguro viagem. Entre outras coisas, com um seguro você terá direito a indenização caso sua mala seja extraviada. Mas na hora de contratar certifique-se que seu seguro cobre esse tipo de incidente.

Como correr atrás dos seus direitos

Hoje está mais fácil correr atrás dos seus direitos. Além de bagagem extraviada, no caso de atraso de voos, voo cancelado, conexão perdida ou overbooking você pode correr atrás dos seus direitos de forma digital, através de sites/apps que te ajudam a fazer todo este processo de forma muita rápida e simples.

Teve problema com seus voos? Veja como ser indenizado de forma simples e rápida

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), as companhias tomam todas as precauções necessárias para não haver extravios de malas. Mas pode acontecer. Portanto fique atento no que você precisa fazer:

– Se a bagagem não aparecer na esteira, o passageiro deverá procurar um funcionário da empresa aérea antes de sair da área de desembarque, tendo em mãos o comprovante de despacho da bagagem (que normalmente é anexado ao cartão de embarque no momento em que você despacha a bagagem).

– No caso das companhias nacionais, quando a bagagem for localizada, ela será devolvida no endereço informado pelo passageiro. Se não for localizada no prazo de 7 dias (no caso de voos domésticos) ou 21 dias (voos internacionais), a empresa aérea entrará em contato com o passageiro em até 7 dias para procedimentos de indenização.

– Se o passageiro estiver fora de seu domicílio, eventuais despesas relacionadas ao extravio da bagagem também serão reembolsadas, dentro dos limites estabelecidos pelo contrato de transporte aéreo, desde que apresentados os devidos comprovantes.

Bagagens danificadas ou violadas

Ainda segundo a Abear, se sua bagagem apresentar um dano decorrente do transporte, ou ainda, se parecer mais leve ou tiver sinais de violação, você tem até sete dias para fazer uma reclamação junto à companhia aérea nacional. A recomendação, no entanto, é que sempre que possível o aviso seja feito antes da saída da área de desembarque. Assim, a bagagem poderá passar por inspeção e pesagem na presença de um representante da empresa.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos:

Receba ofertas no seu email
Receba no seu email
as ofertas de passagens
mais baratas e de última hora.
Encontre todas as passagens baratas com o Voopter
Receba ofertas no seu email
Receba no seu email
as ofertas de passagens
mais baratas e de última hora.
Encontre todas as passagens baratas com o Voopter
Encontre todas as passagens baratas com o Voopter
Buscador
Compare preços de companhias aéreas, agências de viagens e sites de milhas em um só lugar.
buscar passagens
Quando Viajar?
Descubra quando é mais barato viajar de acordo com a sua origem ou destinos favoritos.
VER DATAS
Alertas de preços
Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!
CRIAR ALERTA
Promoções e Dicas
Fique por dentro de todas as promoções e dicas sobre viagens e passagens aéreas
VER MAIS