Galápagos: 10 motivos para você conhecer essas Ilhas Encantadas

Há 3 dias

Destino ainda pouco visitado pelos brasileiros, as Ilhas Galápagos, no Equador, reservam muitas surpresas para quem decide explorá-las. O arquipélago possui 13 ilhas principais, 5 ilhas médias e 215 ilhotas. Ele é o lar de espécies marinhas e aves exóticas. Descobertas por acaso em 1535, foram chamadas inicialmente de “Ilhas Encantadas” e em 1978, declaradas pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade.

Para te encorajar a conhecer esse paraíso da natureza, listamos abaixo 10 motivos que te farão se apaixonar por Galápagos:

Charles Darwin - Você certamente já estudou sobre a teoria da evolução, do cientista britânico Charles Darwin, mas o que você provavelmente não sabe é que existe um lugar que serviu de inspiração para ele. Sim, estou falando de Galápagos. Publicada em 1859, a obra trata da origem das espécies através da seleção natural. Na sua viagem por Galápagos, o cientista percebeu que em cada local haviam diferentes espécies de tartarugas e tentilhões (pássaros), com tamanho e forma de alimentação distintas, concluindo que as espécies se modificaram para se adaptar ao habitat atual.

Animais exóticos - As ilhas são o habitat de animais exóticos, muitos só encontrados por lá, como o peixe-lua, o tubarão fantasma ou a iguana rosada. Tubarões, aves e leões marinhos podem ser facilmente encontrados. Ou seja, se você procura uma viagem para se surpreender, então Galápagos é o lugar certo.

Prêmios – Em julho deste ano ocorreu a premiação sul-americana da 26ª edição do World Travel Awards (WTA), considerado por muitos o “Oscar do Turismo Mundial”. O grande vencedor da noite foi o Equador. O país levou diversos prêmios, incluindo o de Melhor Destino de Cidade, com a capital Quito, além de Melhor Destino de Praia, com as Ilhas Galápagos.

Cruzeiros – Por falar em prêmio, o WTA também reconheceu o "Galapagos Sea Star Journey" como Melhor Cruzeiro de Luxo da América do Sul. Os cruzeiros, por sinal, são uma excelente opção para visitar Galápagos, já que eles vão parando nas diferentes ilhas do arquipélago. Se você não é do tipo que fica enjoado com o bater das ondas, então esta pode ser a melhor forma de explorar os principais pontos locais.

Projetos de conservação – Os visitantes de Galápagos podem acompanhar o programa de reprodução em cativeiro e de reintrodução das tartarugas-gigantes (elas podem pesar até 400 quilos) nas ilhas de origem desses animais. Isso pode ser feito no Centro de Pesquisas Charles Darwin, em Santa Cruz, e na Galapaguera, em San Cristóbal. A experiência é emocionante!

Nado com leões-marinhos – Ok, nadar com golfinhos não é nenhuma novidade e experiências deste tipo se espalham por muitas cidades turísticas ao redor do mundo. Mas em Galápagos outro animal se destaca neste sentido, sim os leões-marinhos! Eles são espertos que conseguem interagir com os visitantes. Um momento engraçado e único, que pode arrancar boas risadas e muita história para contar.

Flutuação com snorkel – Em Galápagos você não vai precisar de equipamentos muito sofisticados para ver de perto a vida marinha. A flutuação com snorkel – passeio oferecido por empresas de excursão locais – pode te render imagens inesquecíveis. Por falar nisso, durante toda a sua viagem, esteja sempre com a câmera fotográfica em mãos, pois muitas surpresas podem surgir pelo caminho. Se a câmera for à prova d’água, melhor ainda.

Gastronomia deliciosa – Para quem gosta de frutos do mar as ilhas que compõem o arquipélago de Galápagos são o paraíso. O camarão grelhado é um dos principais pratos servidos. A lagosta com ervas também aparece com frequência nos cardápios, além de polvo e uma variedade grande de peixes.

Ilha Isabela – Esta é a ilha mais jovem e extensa do arquipélago, cobre quase 60% da área total de Galápagos. A ilha ainda está em formação apresentando erupções recentes de vários dos seus vulcões. O ponto mais alto das ilhas é o vulcão Wolf, com 1707 metros acima do nível do mar. Por lá você pode ver pinguins, corvos marinhos, iguanas marinhas, patos azuis, pelicanos, leões marinhos, bem como caranguejos vermelhos abundantes.

Los Gemelos – Localizada no Centro do arquipélago a Ilha de Santa Cruz possui um vulcão adormecido cuja última erupção está estimada em 1 milhão e meio de anos atrás. Como testemunho de seu passado vulcânico, há duas enormes cavidades chamadas Los Gemelos(Os Gêmeos) que foram formados a partir de uma câmara de magma. Uma ótima oportunidade para aproveitar e fazer aquela foto panorâmica de tirar o fôlego.


Esta oferta/dica foi escrita por Natália Strucchi

Jornalista por formação, viajante por opção. E poder juntar as duas paixões numa profissão é a realização de um sonho. De Teresópolis (RJ) para mais de 20 países e centenas de cidades mundo a fora.... Toda essa andança me faz crer que viajar é muito bom, mas poder compartilhar toda esta experiência com outros viajantes é ainda muito melhor!

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções