Cancún: conheça os atrativos da porta de entrada para a Riviera Maia

Há 30 dias

Se tem uma região que desperta o imaginário de pessoas em todo o mundo quando o assunto é turismo, esta região é o Caribe. Quem nunca sonhou em mergulhar em águas cristalinas e posar para fotos em cenários de tirar o fôlego? Se você está planejando sua viagem e quer transformar um desejo em realidade, o primeiro passo é decidir para qual país viajar.

São muitos os destinos caribenhos, cada um com características próprias. Por isso, durante toda esta semana, vamos te contar um pouquinho sobre as principais cidades que atraem visitantes ao Caribe, começando pela porta de entrada para a chamada Riviera Maia: Cancún.

Localizado no México, o destino recebe em média 3,5 milhões de visitantes por ano, todos ansiosos para vivenciar tudo que Cancún oferece. Nós, brasileiros, temos como vantagem o fato de não necessitarmos de visto! Contudo, ao programar sua viagem, é preciso ficar atento à melhor época para conhecer o destino, fugindo da temporada de furacões, que vai de agosto a novembro. Minha dica é escolher os meses de abril e maio, quando os preços tendem a ser menores e o clima muito gostoso. Claro, se você não tiver chance de escolher a baixa temporada, vale encarar o agito que rola por lá de dezembro a março, neste último mês acontece ainda o spring break, com muitas festas nos resorts all inclusive.

Eu estive em Cancún duas vezes e, para ser honesta, pretendo voltar outras mais. Por lá, você vai perceber, no caminho até o resort e durante toda a sua estadia, a sensação de um destino moderno. São muitas as opções de atividades e vida fora dos hotéis, que incluem shoppings badalados com as grandes grifes internacionais, restaurantes e casas noturnas. Para completar, a cidade consegue unir de forma equilibrada atualidade e antiguidade, já que está situada no território da Civilização Maia, sendo considerada a porta de entrada para o “Mundo Maia”.

Os resorts all inclusive se concentram lado a lado no Boulevard Kukulcán, de frente para o mar do Caribe, na chamada “Zona Hotelera”. A infraestrutura oferecida por eles também impressiona e satisfaz. A maioria possui cerca de cinco restaurantes, com dois no estilo self-service e os demais - no modelo à la carte – exigindo agendamento, mas de forma gratuita.

Vale a pena tirar alguns dias para curtir o resort, aproveitar as piscinas, caminhar pela areia e curtir todo o conforto das espreguiçadeiras com serviço de garçom na praia, a poucos passos do seu quarto. Mas a agitação de Cancún parece te convidar a explorar a cidade e, nesse caso, você poderá escolher entre diferentes passeios que, na maioria das vezes, vão durar o dia inteiro. Todos podem ser comprados nas agências de turismo que ficam localizadas dentro do próprio resort.

Aqui vai minha listinhas de favoritos:

Xcaret e Xel-Há
Quem viaja com crianças deve se programar para visitar o Xcaret ou Xel-Há, os dois principais parques temáticos do México e onde é possível praticar snorkeling em seus rios subterrâneos. Minha experiência no Xcaret foi bem positiva e, mais uma vez, é preciso realmente acordar cedo para aproveitar tudo (ou quase tudo, já que em um único dia não dá para ir em todas as atrações) que o lugar oferece. Foram 45 minutos de carro de Cancún até lá. Umas das principais atrações diurnas do Parque Xcaret é a “Caleta”, onde você pode fazer mergulho livre e apreciar, com bastante clareza, coloridos peixes ao seu redor. Jáo Xel-Há é mais barato que o Xcaret e ainda por cima é all inclusive, contudo, possui uma quantidade menor de atividades quando comprado ao parque anterior. É ideal para mergulhar de snorkel e admirar centenas de espécies ou ainda praticar atividades de aventura, como saltos e tirolesa.

La Isla Shopping Village
Nenhuma viagem – principalmente para nós, brasileiros, está completa sem as compras! Visitei o La Isla Shopping Village. Lá fica também um aquário onde se pode nadar com golfinhos, mas esse não era o meu foco, e sim, as ofertas e preços baixos, claro! São muitas as lojas espalhadas pelo moderno shopping e preços muitas vezes convidativos. As melhores promoções que encontrei foram nos perfumes, e a mala voltou cheia deles, diga-se de passagem. Se quiser levar lembrancinhas para toda a família um bom lugar para começar sua busca de artesanatos mexicanos é a Casa da Arte Popular Mexicana, um maravilhoso museu e loja localizado em El Embarcadero (na porta de entrada norte da zona hoteleira). Aproveite sua viagem a Cancún para também comprar a tradicional bebida mexicana: tequila! Mas cuidado, nem todas são produzidas do mesmo modo. Procure sempre as que no rótulo constarem que são “100% agave”. Aí não tem erro. Os shots não vão descer queimando. E esqueça o sal, por lá o negócio é só limão mesmo.

Tulum
Para conhecer a Zona Arqueológica de Tulum, localizada a 130 km de Cancún, com sua cidade murada de frente para o oceano, é preciso sair cedo do hotel. O parque que guarda muito do que restou da civilização Maia, com ruínas intactas, abre 8h e ao longo do dia vai ficando cada vez mais cheio. Tulum foi uma fortaleza Maia que viveu seus momentos de glória no final do período clássico (por volta do ano 1000 d.C.). A mais icônica das estruturas, chamada “O Castelo”, encontra-se na beira de um escarpado de onde podem ser apreciadas as águas cor turquesa do mar. Este é, sem dúvida, o canto mais fotografado da região. Se você preferir evitar as aglomerações, a melhor opção é ir numa terça-feira de manhã.

Coco Bongo
E quando o assunto é vida noturna, mais uma vez são muitos os clubes, mas um deles caiu nas graças dos visitantes de todo o mundo e foi a minha escolha: o Coco Bongo. Muita gente se encontra ali em meio a luzes e sons, e fica difícil até saber para onde olhar. A entrada não é barata, mas vale a experiência e a sensação de que a vida é uma festa (pelo menos naquelas horas ali entro). Se você é do tipo baladeiro, vale conhecer também o Dady' O, Roots Jazz Club e Basic, todos funcionam a madrugada toda e só fecham as portas quando o último cliente decide ir embora.

Isla Mujeres
A distância de Cancún até o ferry para a Isla Mujeres é de apenas 20 km, por isso decidir incluir esse passeio aqui. A ilha é muito bacana para quem busca relaxar e mergulhar em piscinas panorâmicas. As águas tranquilas e os belos recifes de corais na região oeste de Isla Mujeres são a alternativa perfeita para praticar snorkel ou mergulho, mesmo que você seja iniciante. Não deixe de visitar El Farito, a ecológica Isla Contoy ou as esculturas submarinas perto do recife Manchones. Aproveite também para nadar com o tubarão-baleia, ir até o fundo do mar, nadar com golfinhos, se aventurar na tirolesa ou em passeios de bicicleta.


Esta oferta/dica foi escrita por Plantão Voopter

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções