Braga é a terceira maior cidade de Portugal, logo depois do Porto e de Lisboa. Trata-se também da cidade mais antiga do país e um dos principais centros religiosos da Europa. Repleta de igrejas, capelas e santuários, ela recebeu o apelido de Roma Portuguesa e é ainda um dos principais pontos de partida para fazer o Caminho de Santiago Português. Curioso para visitar essa histórica cidade? Veja nossas dicas e saiba o que fazer em Braga!



Ah, saiba que é possível conhecer os principais atrativos turísticos de Braga em um bate-volta de um dia. Mas o destino também combina com um roteiro menos corrido, especialmente nos meses da primavera e verão, quando os jardins da cidade ficam super floridos! Se ficar mais tempo por lá, aproveite para visitar também a charmosa Guimarães.


Como chegar


Principal cidade da região do Minho, Braga fica no extremo norte de Portugal. Saindo do Porto são cerca de 57 km de distância. Já de Lisboa, 365 km. Você pode chegar até lá de carro, ônibus ou trem.

Veja o que fazer em Braga:


Arco da Porta Nova




Você pode começar seu passeio pelo Arco da Rua Souto, mais conhecido por Arco da Porta Nova. O Arco é um dos monumentos mais icônicos de Braga. A versão do Arco que hoje podemos ver foi construída no século XVIII, a mando do Arcebispo José de Bragança. Já a construção inicial, do século XVI, era uma principais portas de entrada da cidade amuralhada.

Sé de Braga




Pertinho do Arco da Porta Nova, encontra-se a famosa Sé de Braga. Esta é a mais antiga catedral de Portugal, construída no século XI. Pouco do estilo românico original ainda se conserva atualmente na construção. Depois de algumas reformas, hoje ela é marcada pela mistura de estilos arquitetônicos, principalmente o gótico e o barroco.

Jardim de Santa Bárbara




Saindo da Sé, você pode passar pelo Jardim de Santa Bárbara, que fica ainda logo ao lado do Paço Episcopal Bracarense. Braga abriga diversos belos jardins, que com certeza rendem belas fotos, e são bons pontos de paradas para relaxar e ficar observando o movimento local.

Praça da República


A Praça da República é a principal da cidade. Ela abriga diversos cafés, restaurantes, lojinhas. Dela você também confere a Torre de Menagem do antigo Castelo Medieval e pode conhecer o Convento dos Congregados e a Igreja da Lapa.

Palácio do Raio


Foto: Joseolgon

Também conhecido por Casa do Mexicano (por conta da estátua no topo da escadaria de entrada), o Palácio do Raio é um dos edifícios de arquitetura barroca mais importantes de Braga. Com mais de 250 anos, ele foi projetado pelo arquiteto André Soares, também responsável pelo Arco da Porta Nova e pela cabeceira da Sé de Braga. Ao longo dos anos, passou pelas mãos de diferentes proprietários, que fizeram modificações na edificação original, como a decoração de azulejos na fachada. Atualmente, funciona como um museu e tem entrada gratuita.

Theatro Circo


Inaugurada em 1915, a casa de espetáculos chama atenção pela sua arquitetura na movimentada Avenida Liberdade, repleta de lojas. É um dos principais espaços culturais de Braga, por isso, vale ficar de olho na programação ao programar sua visita! Além da programação artística, também é possível realizar visitas guiadas para conhecer mais sobre a história do Theatro Circo e conferir seu incrível interior.

Museu dos Biscainhos


Foto: Sara Silva

Esse é um dos mais famosos museus de Braga, que ocupa o espaço de um antigo palacete do século XVI. Lá você encontra uma exposição permanente de artes decorativas dos séculos XVII e XIX.

Mosteiro dos Tibães


Fundado no século XI, o mosteiro passou por diversas modificações ao longo do tempo. O complexo de edifícios que hoje existe data do século XVII, com destaque para sua igreja de inspiração barroca, mas não deixe também de passear por seu belo jardim.

Livraria Centésima Página




Se você é fã de livrarias, não deixe de conhecer a Centésima Página. Localizada num edifício histórico - conhecido por Casa Rolão - do século XVIII, a livraria possui ainda um café e um simpático jardim.

Santuário do Bom Jesus do Monte




O complexo do Santuário do Bom Jesus do Monte é um dos atrativos mais visitados de Braga. Situado no topo de uma colina, a vista do local é simplesmente incrível. São cerca de 600 degraus (calma, também é possível subir de funicular!) para chegar até o Adro do Bom Jesus, onde fica a Basílica de Bom Jesus do Monte. E o passeio pelo complexo também abriga belos lagos, capelas, jardins e fontes. 

Santuário do Sameiro




Com 572 metros, o monte do Sameiro é o ponto mais alto da cidade. Por isso, o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro é outra parada perfeita para garantir uma bela vista da cidade. Além da Basília, o conjunto arquitetônico do Santuário ainda guarda pequenas capelas e um belíssimos jardins. 



Se você só tem um dia em Braga, a dica é deixar os Santuários para o fim da tarde, assim você consegue admirar o pôr do sol.

Praia fluvial de Adaúfe




Especialmente se você viaja para Braga no verão, pode incluir a praia Fluvial de Adaúfe no seu roteiro. A cerca de 9 km do centro da cidade, o passeio é uma boa pedida para quem viaja com crianças e quer fugir do calor. Dá para estender sua canga na grama, fazer um piquenique e tomar um banho. O local conta ainda com aluguel de canoas, um café e banheiros.

Onde comer em Braga




Não faltam bons lugares para saborear o melhor da culinária portuguesa em Braga. Eu fui e recomendo a Tasca Dom Ferreira (Rua de S. Vicente 35), mas a Taberna Belga é outra boa alternativa. Trata-se de um dos restaurantes mais conhecidos da cidade, famosa por servir uma das melhores francesinhas (prato típico do Porto) de Portugal!