O governo do presidente eleito Jair Bolsonaro planeja dar fim ao visto de entrada para turistas de 4 países, entre eles Estados Unidos. Essa proposta faz parte de uma lista de prioridades estipuladas pelo novo presidente e tem como objetivo alavancar o turismo. Fazem parte desta lista ainda Canadá, Japão e Austrália. As informações foram divulgadas pelo jornal Estadão.

Nessa proposta não há a questão da política de reciprocidade, uma exigência dos últimos governos. Com isso, brasileiros seguirão precisando de visto de entrada para esses quatro países. Atualmente, cidadãos dos EUA, Canadá, Japão e Austrália precisam apenas de um visto eletrônico para entrar no Brasil. Durante a Olimpíada do Rio, em 2016, turistas destes países tiveram livre acesso ao Brasil.

Além de aumentar o número de visitantes internacionais (hoje o Brasil recebe uma média de 6,4 milhões de turistas internacionais, menos do que a Colômbia, por exemplo), a medida pretende ajudar a balança comercial do País no turismo, que hoje é deficitária. Segundo o Ministério do Turismo, nós, brasileiros, gastamos anualmente US$ 18 bilhões no exterior, enquanto estrangeiros desembolsam cerca de US$ 6 bilhões no País.