Nunca viajou para fora do país antes e está perdido com tantas coisas pra pensar e se preocupar?



 

Calma... Realmente é preciso se dedicar para sua primeira viagem internacional e fazer planos para evitar que acidentes aconteçam. Mas lembre-se: é normal que surjam imprevistos na "hora H" e nada nessa vida é perfeito. O Voopter está aqui para te ajudar! Vamos falar nesse post sobre algumas principais dicas mega importantes para sua primeira viagem internacional ser um sucesso!



Depois dessa matéria você estará preparada(o) para embarcar na sua aventura, seja ela relaxar numa praia paradisíaca, descobrir a Amazônia, caminhar pelo deserto ou atravessar uma ponte de gelo. Então vamos lá!


Primeiramente vamos aos documentos necessários. Não, infelizmente não é possível pular essa parte.




RG: para os países do Mercosul, você pode levar apenas seu RG (com no máximo 10 anos de emissão), desde que sua companhia aérea não faça conexão em um país que esteja fora do Mercosul.

Passaporte: Essencial para qualquer viagem internacional, é claro.

Vistos: Nosso passaporte permite "passe livre" em 144 países, como a Rússia e quase todos os países sul-americanos. Porém, alguns países precisam exigem um visto para liberar a sua entrada, como os Estados Unidos. E se liga: mesmo que seja somente uma conexão, o visto é necessário. Você pode encontrar mais informações sobre esse assunto em um post aqui no nosso blog! >> "Veja quais países não exigem visto para viajar".

Febre Amarela: vários países estão exigindo a vacinação da febre amarela para a entrada no país. Mas essa não é a única coisa que a imigração pode pedir. Mas é claro que o Voopter também te conta todas as exigências específicas de cada país: Lista dos países que exigem vacinação.

Segundo item muito importante: dinheiro.




Seja sagaz. Divida a quantia em dinheiro que você tem e guarde em diferentes lugares, caso algum imprevisto aconteça com você ou com sua bolsa. Pochetes internas são ótimas amigas de viagens! São bem seguras e você não precisa ficar carregando bolsa, caso se liberte do restante dos apetrechos e queira carregar consigo somente o  dinheiro. (ou pede pra esse gatinho cuidar disso pra você! hahaha)

Algumas opções de cartão são válidas. A sugestão mais prática e econômica é o "travelcard", que é um cartão de débito recarregável. Você pode inserir dinheiro nele antes de sair do Brasil e não paga IOF, como pagaria com o cartão de crédito, por exemplo.

A hora mais "legal" dos preparativos... AS MALAS!




 

Na mala de mão: a escolha mais prática seria uma mochila ou uma mala de rodinha pequena, para caber no compartimento acima dos bancos. Dica: As comissárias costumam implicar quando queremos deixar a mala no chão, por isso o tamanho/ formato é importante nesses casos.

O que levar: APENAS o necessário. Os remédios até 100ml que costuma usar, carregador normal e portátil, e fones de ouvido são os "top 3" da lista. Levar um casaco bem quentinho para se proteger do ar condicionado do avião e uma troca de roupa consigo também é uma boa. Você nunca sabe quando sua mala será extraviada.

O que NÃO-levar: lamina de barbear/depilar, protetor solar, drogas ilícitas, armas brancas (objetos pontudos como tesoura, canivete ou alicate), armas de fogo, desodorante aerossol, embalagens com mais de 100ml (mesmo que vazia), bebidas que não foram adquiridas no duty free (inclusive água), ferramentas e alguns itens esportivos. Qualquer um desses objetos que estejam na sua mala vão ser jogados fora na hora que você passar pelo raio-x

Para voos domésticos a mala de mão deve pesar até 10 kg e não pode ultrapassar 115 cm (somando altura, largura e comprimento).

Na mala despachada: o essencial é um casaco e protetor solar! Independente para onde for esteja preparado para ir do céu ao inferno. Afinal, você pode chegar na Europa no verão e pegar uma chuva que vai deixar os seus dias gelados. E queimadura de sol não é legal em nenhuma situação, não é mesmo. Então, esteja preparado. Mas, sempre é legal olhar a previsão do tempo para a semana e saber o que te espera.

Para voos internacionais, o tamanho da mala despachada vai depender das normas estabelecidas pela companhia aérea.

A melhor parte real oficial mesmo: NA VIAGEM!




 

Wi-fi/ Internet: Você pode usar gratuitamente apenas 30 min de internet, em alguns aeroportos. Tem outros que são livres, e ainda outros que a internet nem funciona direito. Chegando no destino, é bacana comprar um chip do país e usar o 4G tranquilamente.

Mapas/GPS: você pode usar o Google Maps no modo offline, sabia?

Pesquise por hashtags: é bem prático fazer sua pesquisa dessa forma. Procure informações sobre seu destino: o que fazer, opções de transporte, onde se hospedar, quais os pontos turísticos, os lugares que vão surpreender seu paladar, barzinhos, points noturnos etc. Ah, e também tem vários aplicativos que podem te ajudar a planejar a sua viagem. Clique aqui para ver um post sobre eles.

Estabeleça seu roteiro: Você pode segui-lo, ou não, isso você só vê quando estiver lá. Mas se organizar antes é essencial para aproveitar o máximo do lugar pela quantidade de dias que ficará nele. Principalmente se estiver em grupo.

Fotografe o novo: quando visitamos um lugar pela primeira vez, é normal ficar deslumbrado com tanta informação diferente. Mas cuidado para não perder tanto tempo registrando coisas supérfluas. Tenha um filtro das coisas que você realmente quer guardar de recordação e, aí sim, utilize o tempo que for para fazer uma bela fotografia de um momento ou objeto especial ;)

E por último, mas não menos importante DESLIGUE-SE DO VIRTUAL




Aproveite muito sua viagem, e tente fazer isso na maioria do tempo OFFLINE. Aprecie cada momento, cada paisagem. Socializar com desconhecidos, fazer amizades nem que seja por uma noite, compartilhar experiências com quem está disposto a fazer o mesmo é quebrar paradigmas. Se permita! Se abra para o novo e curta TUDO! Observe a cultura, as diferenças, as tradições daquele lugar, enfim; esteja atento a todos os detalhes.

Esse conteúdo foi útil para você? Se sim, compartilhe com seus amigos e pessoas que você achar que pode ajudar.


Segue a gente nas redes sociais pra ficar ligado de todas as dicas de viagens e claro, nas melhores ofertas de passagens aéreas baratas da internet: Facebook, Twitter, Google +Instagram e YouTube

Caso tenha um destino em mente para viajar em 2018, e só está esperando surgir aquela passagem barata, você pode criar seu alerta de preço no nosso site ou aplicativo. Assim, quando surgir essa passagem ideal, nós te avisamos por email. Sim, a tecnologia é maravilhosa!!!!!! <3

#VoaProVoopter