Viagem pela Andaluzia, Sul da Espanha: principais destinos e dicas

Há 78 dias

Espanha sem Barcelona e Madri? Tudo bem que os principais cartões-postais do país guardam muitas atrações incríveis. Mas se um roteiro pelo país está nos seus planos de viagem e você quer ir além do mais clássico, vale olhar com carinho para a AndaluziaSul da Espanha. Na fronteira com Portugal e às margens do Mar Mediterrâneo e do Oceano Atlântico, a região é vista como uma das mais lindas da Europa.

Andaluzia: flamenco e a influência árabe na Espanha




Além de abrigar alguns dos mais belos monumentos do país, como a Alhambra e a Plaza de España, a Andaluzia é o berço do flamenco; e também uma das regiões mais multiculturais do país - o território passou pelo domínio de muitos povos ao longo dos anos, incluindo fenícios, gregos, celtas, romanos, judeus... Mas é impossível negar que a influência árabe, do período em que a Península Ibérica foi dominada pelos mouros, é uma das mais presentes e se reflete ainda hoje na arquitetura, na cultura e na culinária local. Cidades únicas e incríveis te esperam por lá! Veja nossas dicas para conhecer a Andaluzia, na Espanha.

Quando viajar para a Andaluzia?


É possível visitar a região o ano inteiro. Mas um detalhe pare ser levado em conta é: o verão costuma ser BEM quente por lá - com sensação térmica passando dos 50 graus! O calor intenso pode acabar complicando alguns passeios. Mas se você for embarcar mesmo assim (atenção: agosto é o mês mais quente), vale deixar as longas caminhadas para o final do dia, pois escurece tarde de qualquer forma.



Além do sol intenso, o verão é a época mais movimentada na região, seja de turistas ou de locais - o que pode ser um ponto positivo ou negativo, de acordo com os desejos e o perfil de cada viajante. Se você não é tão fã do calor e nem da badalação, vale apostar no outono e na primeira, quando as temperaturas estão mais amenas.

Quais os principais destinos na Andaluzia?




As três grandes e principais cidades são Córdoba, Sevilha e Granada. Se tiver tempo, também vale incluir outros lugares, como Ronda, Málaga, Cádiz e a rota dos Pueblos Blancos. Vou falar mais de cada um desses destinos aqui embaixo.

Quantos dias de roteiro pela Andaluzia?


Tudo vai depender da sua disponibilidade. Roteiros entre 7 e 10 dias costumam ser suficientes para garantir uma viagem bem completa pela região. Se tiver pouco tempo, vale privilegiar cidades como Sevilha (3 dias), Granada (2 dias) e Córdoba (2 dias). Três ou quatro dias são suficientes também para combinar Ronda e Pueblos Blancos. Para os outros locais, separe pelo menos uma noite em cada.


Como se deslocar pela Andaluzia?


A região da Andaluzia é ótima para apostar numa roadtrip. Mas além do carro, também dá para viajar usando trem e ônibus, que fazem os deslocamentos entre os destinos. Também é muito comum ver gente viajando por lá usando aplicativos de carona compartilhada, como o Bla Bla Car.

Gastronomia: salir de tapas


Quando o assunto é comida, a Andaluzia merece um tópico exclusivamente dedicado à arte de tapear. Afinal, a cultura do tapeo é um verdadeiro símbolo da região. Em todas as cidades é comum nos bares receber “tapas” (pequenos aperitivos) quando se pede uma bebida.



Há muitas lendas acerca da origem dessa tradição, mas uma das mais famosas é a de que no século XIII, o rei Afonso X estava doente para a qual seu médico receitou beber vinho. Para combater os efeitos do álcool, a bebida era sempre acompanhada por um pequena porção de comida. Após curar-se, estabeleceu uma lei de que todas as tabernas da cidade onde morava deveriam servir pequenos aperitivos junto com o vinho.



Muitos estabelecimentos ainda funcionam assim: beba e ganhe um tapa. Mas hoje em dia também é comum diversos estabelecimentos apostarem em tapas mais gourmetizados, que são cobrados à parte. É bom ainda saber que há tapas de dois tipos: a eligir ou o tapa do dia. Antes de sentar, lembre de perguntar se “hay tapas a eligir”, pois tudo depende do que está disponível naquele momento e nem sempre as opções vão agradar. Cada cidade possui seus tapas típicos, por isso, aposte em experimentar diferentes opções em cada destino!

Antes de preparar o seu roteiro, saiba um pouco mais sobre os principais destinos da Andaluzia:

Sevilha


Impossível não se abalar com a beleza de Sevilha, que pode ser explorada a pé. Um dos grandes destaques é sua espetacular Plaza España. Mas não deixe de conferir também a Catedral de Sevilha - que chama atenção pela mistura de elementos cristãos e muçulmanos - e o Palácio do Alcázar, que serviu até de locação para Game of Thrones. Ao visitar a Catedral, não deixe de conferir a bela vista da cidade, da Torre La Giralda.



Ah, e não se esqueça: foi em Sevilha que nasceu o flamenco. Em pelo menos uma noite, vá a um show do ritmo, espalhado por toda parte, especialmente pelos bairros de Triana e Santa Cruz (antigo bairro judeu). Super charmosos, eles ainda reservam ótimos estabelecimentos para comer bons tapas.

Granada


A Alhambra é o mais famoso monumento do destino. O complexo arquitetônico, do período da ocupação moura, impressiona não apenas pelo tamanho, mas por toda a beleza da arquitetura árabe. A construção inclui o Alcazaba (forte), Alcázar (palácio), Generalife (Palácio de verão + jardins) e a muralha. Mas atenção: o número de visitantes por dia é limitado. O ideal é reservar seu ingresso pela internet - as vendas são liberadas com 3 meses de antecedência da visita.



E Granada guarda muito mais atrações para a sua viagem pela Andaluzia. Outra parada imperdível é o bairro de Albaicín - com vista para a Alhambra -, de herança muçulmana. Perca-se por suas ruelas e encontre diversos bares e restaurantes para provar deliciosos tapas espanhóis. Vale ainda passear também pelo bairro cigano de Sacromonte, com suas típicas casinhas brancas.

Córdoba




Durante muitos séculos, Córdoba foi capital do território mouro e a grande atração da cidade é sua Mesquita-Catedral, primeiro monumento islâmico construído no ocidente. A mistura de estilos, do gótico ao romano, chama atenção para a construção, datada do século 8. Não deixe ainda de visitar os jardins do Alcázar de los Reyes Cristianos e passear pela Ponte Romana e pela Judería, o bairro judeu, repleto de simpáticas casas e ruelas, como a colorida colorida Calleja de las Flores.



A cerca de 10 km da cidade você também pode conhecer a Medina Al-Zahra, um dos maiores sítios arqueológicos da época medieval, perfeito para um passeio bate-volta. Se quiser provar o mais típico dos pratos locais, procure um bom salmorejo, creme de tomate, alho e pão.

Ronda


Construída na beira de um precipício, a pequena Ronda pode até não ser tão famosa quanto Sevilha e Granada, mas sua beleza não  fica para trás das irmãs andaluzes. A cidade é dividida em duas partes pelo canhão El Tajo (o corte) - o grande símbolo de Ronda -, por onde passa o rio Guadalevín. A impressionante Ponte Nova (do século XVIII) liga o lado antigo e o lado moderno da cidade.



No lado sul está a parte velha da cidade (La Ciudad), cujo centro histórico abriga alguns dos principais pontos turísticos de Ronda, como o Palácio de Mondragón, o Palácio do Marquês de Salvatierra e a casa do Rei Mouro. Já do lado novo, conhecido por El Mercadillo, é onde ficam os hotéis, restaurantes e o centro comercial de Ronda. Lá você também encontra a Praça de Touros, o miradouro do Parador Nacional e o Parque Alameda del Tajo.

Málaga




É a parada perfeita para quem viaja no calor e adora praia e festa. A praia de Malagueta é um dos principais cartões-postais da cidade. Mas não deixe também de passear pelo centro histórico de Málaga, onde você encontra as ruínas do Teatro Romano, a catedral de Málaga, o Alcazaba e o Castelo de Gibralfaro, ambos monumentos do período mouro - com vistas lindas da cidade! O destino é ainda cidade natal de Picasso. Lá você vai encontrar o Museu e também a casa onde nasceu o artista. Para curtir a noite, os bares ao redor da Plaza de La Merced merecem sua atenção!

Cádiz




Banhada pelo Oceano Atlântico, Cádiz é outro destino que combina com as estações mais quentes. Além das praias, como La Caleta, Santa María del Mar e La Cortadura, Cádiz também possui um centro histórico cheio de atrativos. Visite a Plaza Mayor, a Catedral de Cádiz, o Teatro Romano, o Mercado Central e o parque Genovés. Para aproveitar a noite, vale conferir os bares no entorno na Plaza de Mina. Devido à localização costeira, Cádiz ainda promete muitos pratos de frutos do mar fresquissimos; e é também famosa pelo xerez, espécie de vinho produzido na região.

Rota dos Pueblos Blancos




Se tiver tempo para alongar seu roteiro, pegue o carro e vá percorrer a Rota dos Pueblos Blancos. O nome é usado para falar dos pequenos vilarejos de casinhas brancas (pintura escolhida para combater o calor) localizados especialmente na região da Andaluzia, Sul da Espanha. Boa parte da rota está localizada dentro do Parque Natural da Serra de Grazalema. Anote aí os mais procurados povoados para incluir na sua lista: Zahara de la Sierra, Grazalema, Setenil de las Bodegas, Olvera e Gaucín.

E aí, quais seus destinos preferidos pela região da Andaluzia? Para garantir sua viagem, pesquise sua passagem aéreas no Voopter.

Esta oferta/dica foi escrita por Julia Medina

Jornalista curiosa e apaixonada por conhecer novos lugares e planejar roteiros – para nem sempre segui-los. Espera ainda explorar muitos cantos do mundo e poder compartilhar suas dicas e experiências.

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções