Com ou sem emoção? A resposta à essa pergunta é crucial para seu passeio de buggy nas dunas de Natal. Eu escolhi ir com emoção e foi de tirar o fôlego. Abaixo conto como foi essa experiência, realizada no último verão, pelas dunas de Genipabu, na capital potiguar.

Pontualmente às 8h30 o bugueiro chegou no hotel. De chapéu, óculos de sol e camisa protegendo o braço, ele já chegou dando recado: “pegue tudo que vocês têm para se proteger do sol”. Missão dada, missão cumprida! No caminho, o motorista filiado à associação dos bugueiros (recomendação vinda do hotel) foi dando as instruções. Depois de aproximadamente 30 min, o asfalto vai dando lugar à ruas esburacadas e mais à frente estrada de chão. Aqui marca o início das dunas e onde é feita a “famigerada” pergunta que dá título a esta reportagem: “Com ou sem emoção?”.



Escolhemos “com emoção”. Antes de acelerar fundo ele recomendou: “segurem-se e segurem seus chapéus”. Os próximos 5 minutos foram de pura emoção. Entre subidas e descidas, gritos iam ficando prá trás e sorrisos surgiam nos nossos rostos.

As maiores dunas estão no início do passeio, depois o passeio é muito mais contemplativo do que emocionante. Mas vale muito a pena fazer, afinal esse é o jeito mais rápido e seguro de conhecer as praias mais bonitas da região - e acredite, elas não estão “dentro” da cidade.

Este passeio é mais um de dia inteiro, daqueles que você sai bem cedo e volta com o sol se pondo. Portanto é bom estar preparado - leia-se com dinheiro, afinal no trajeto há várias paradas onde você pode comer, beber e se divertir e que não aceitam pagamento com cartão!

Desde a saída do hotel até a volta passamos por cerca de 10 praias e três lagoas. Independente do bugueiro, o roteiro será o mesmo, mas você pode optar por parar ou não em determinados lugares. Vale a pena conhecer todos, inclusive as lagoas. Na praia de Genipabu faça o tour com dromedários (favor não confundir com camelos! rs). Na Lagoa de Jacumã estão as atrações radicais “aerobunda”, “esquibunda” e kamikaze, onde você desce a duna numa prancha até encontrar a lagoa!

Na hora do almoço dê preferência para comer em restaurantes que estejam em frente à praia. Almoçamos na Praia de Muriú em um delicioso restaurante beira mar. Peixe fresco, frutos do mar e muita simplicidade no local.Depois seguimos viagem até o sol se por.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER


O passeio custa em média R$ 450 o buggy para até quatro pessoas. As entradas para o Parque das Dunas, travessia de balsa, além de despesas com alimentos e bebidas não estão inclusas. É um passeio caro, mas vale a pena!

Protetor solar é indispensável, assim como chapéus e camisas com proteção UV.

Prepare-se para passar o dia fora do hotel. O tour completo dura em média sete horas.

Agende seu passeio um dia antes e peça recomendação do buggy ao hotel. Uma boa indicação é sempre bem-vinda!