A estação mais fria do ano está chegando pelo Velho Continente. E mesmo que o inverno de Portugal esteja entre os mais suaves da Europa, existem aqueles programas que fazem a combinação perfeita com as temperaturas mais baixas. Se você vai visitar a capital portuguesas nos próximos meses, anote essas dicas para aproveitar o inverno em Lisboa.

1) Explorar os museus da cidade




Não tem jeito, programas em lugares fechados e cobertos são uma ótima opção para se esconder do frio. E Lisboa está cheia de museus incríveis para visitar. O Calouste Gulbenkian, por exemplo, apesar de abrigar um lindo jardim perfeito para os dias de calor, combina com qualquer época do ano. Além da ótima coleção de arte moderna, o espaço possui três cafeterias cheias de delícias para experimentar.



Outra alternativa é o Museu Berardo, do Centro Cultural Belém, que abriga uma incrível coleção de arte moderna e contemporânea. Lá você confere obras de artistas como Andy Warhol, Pablo Picasso, Joan Miró e Salvador Dali. Já o MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia) chama atenção, primeiro, pela arquitetura moderna do seu exterior. Mas as excelentes exposições - permanentes e temporárias - convidam a um bom refúgio na parte de dentro. Quer mais? Então saiba que o museu de ciência do Pavilhão do Conhecimento é uma ótima opção para a família inteira. Vale também conferir o Museu do Oriente e seu imperdível brunch. E para explorar um pouco mais da história de um dos símbolos de Portugal, o Museu Nacional do Azulejo é parada obrigatória.

2) Curtir os bares de vinho




Portugal é um dos mais famosos produtores de vinho do mundo. E não há clima melhor para apreciar a bebida do que o inverno! Há diversos winebars (bares de vinho) para conhecer, como o Lisbon Winery, o By The Wine, o Old Pharmacy, o Casa da Praia Tapas Bar e o Garrafeira Alfaia.

3) Comer o bolo de chocolate da Landeau e conhecer a LX Factory




Chocolate também combina com o friozinho do inverno, né? É na Landeau que você encontra o mais famoso (e gostoso) bolo de chocolate de Lisboa. Há quatro endereços diferentes para escolher: no Chiado, na Alcântara, no Espaço Gourmet Experience do El Corte Inglés e na Rua São Bento. Mas eu recomendo você visitar a loja de Alcântara, localizada no espaço da LX Factory, antiga zona industrial que hoje é cheia de restaurantes, cafés, lojinhas e empresas.

4) Ouvir um tradicional fado




Que tal uma noite de inverno ouvindo um bom fado (e bebendo vinho, claro)? Além de mergulhar um pouco no gênero musical típico do país, o programa ainda é garantia de apreciar um pouco das delícias culinárias da cozinha portuguesa. Mas para não errar, fuja dos ambientes mais turísticos e procure uma tradicional e autêntica tasca ou casa de fado portuguesa. A Tasca do Chico está entre as mais famosas e movimentadas, mas anote aí outros nomes que não decepcionam: a Tasca do Jaime d’Alfama, a Tasca Bela e Os Amigos da Severa.

5) Apreciar uma linda vista de Lisboa numa esplanada (sem passar frio)




É verdade que não faltam mirantes para apreciar Lisboa dos mais variados ângulos. Mas a boa notícia é que, se quer fugir do frio sem abrir mão de uma linda vista, há diversos restaurantes e cafés com espaços abertos e varandas - as esplanadas - para conhecer. Do The Insólito, por exemplo, é possível ver toda a zona da baixa de Lisboa, o Castelo de São Jorge e o Rio Tejo.



Já o À Margem (em Belém) possui aquecedores no exterior e mantas para aquecer os visitantes. Também vale conferir o animado Park, bar-terraço localizado no topo de um estacionamento na Calçada do Combro; o simpático e acolhedor Café da Garagem; ou o Lost In, que oferece jazz sessions nas quartas e tem happy hour entre 17h e 18h, de segunda até sexta-feira.