A Black Friday - maior campanha de vendas promocionais no comércio online e varejo físico do Brasil - ocorre, neste ano, na próxima sexta, dia 23 de novembro. Além de garantir presentes de Natal e aproveitar para renovar a lista de eletrodomésticos e eletrônicos, grande parte dos brasileiros aguarda a data para fechar a próxima viagem de férias com a família. Contudo, é preciso ficar atento para não cair em nenhuma roubada e ter certeza que conseguiu um bom negócio.

“É preciso antes de mais nada ter em mente que a Black Friday não significa, necessariamente, preços baixíssimos de passagens aéreas. Assim como nos demais setores do comércio brasileiro, o consumidor precisa ficar atento para não comprar gato por lebre”, alerta a General Manager do Voopter, Juliana Vital.

De acordo com ela, no último ano, alguns trechos aéreos se mostraram até mais caros do que em semanas anteriores à Black Friday. “Percebemos uma flutuação grande de preços, por isso algumas dicas são importantes para garantir sua próxima viagem pagando menos. Quem está sempre acompanhando os valores praticados pelas agências e companhias aéreas têm mais chances de conseguir boas compras”, ressalta Vital.

Para ajudar os seus mais de dois milhões de usuários, o Voopter (site e app) fará uma curadoria especial só com as principais promoções relacionadas ao setor do turismo. “Queremos que os nossos usuários tenham acesso às verdadeiras ofertas. Nossa equipe estará toda de plantão para que o consumidor consiga aproveitar da melhor forma possível os grandes descontos oferecidos”, garante a executiva.

Veja a seguir as dicas da General Manager do Voopter:


1 - Faça uma lista de destinos desejados


Para não perder o foco e facilitar a sua busca, crie uma lista de destinos os quais gostaria de conhecer ou revisitar. Assim fica mais fácil acompanhar as ofertas durante a Black Friday.

2 – Não compre por impulso


Infelizmente, passagens aéreas não podem ser "revendidas" e, no caso das promocionais, têm taxas muito caras de remarcação ou cancelamento, por isso, tome cuidado para não ser impulsivo e comprar algo que você não poderá utilizar depois.

3 - Acompanhe os preços


Após definir os destinos desejados acompanhe os preços praticados pelas companhias aéreas e agências de viagens. Vale ficar atento e conferir os valores cobrados dia a dia para que você tenha uma base de comparação no dia 23/11.

4 - Aproveite a flexibilidade


Quem tem flexibilidade de datas, ou seja, pode viajar em qualquer época do ano, consegue melhores preços. As vezes o destino desejado tem tarifas altas em determinados meses e mais baixas em outros. Quanto mais flexível o período da viagem, melhor.

5- Antecedência ajuda


Pesquisar e comprar sua passagem com antecedência pode ser a melhor opção para pagar pouco. Esse é o melhor conselho a dar. Nem sempre a Black Friday é a melhor data para a economizar.

6 - Fuja da alta temporada


Quando fizer sua busca, tente fugir da alta temporada, ou seja, o ideal é evitar períodos como fim de ano, incluindo Natal e, principalmente, Ano Novo, janeiro, Carnaval e o mês de julho. Nesses meses a procura é alta e vale a lei da oferta e demanda.  

7- Leve em consideração a avaliação da companhia aérea


As companhias aéreas, assim como os hotéis, são avaliadas com estrelas, e você pode ver a classificação delas no site da Skytrax. Empresas como Emirates, Qatar, Singapore Airlines e Eithad são mundialmente conhecidas pelo atendimento e serviço bem acima da média, por exemplo, e aqui no Brasil oferecem voos não só para a Ásia, mas também para Buenos Aires e até para Barcelona (no caso da Singapore). Ou seja, se o preço da passagem promocional delas for um pouquinho mais caro, na hora de decidir, vale a pena levar em conta a experiência de viagem que você terá.

8- Cuidado com voos cheios de escalas ou conexões


Na empolgação do momento, você pode não perceber que aquela passagem sensacional é para um voo que ocupará dois dias de sua viagem, com conexões longas e que te fazem voar por muito mais tempo do que o necessário. Apesar de defender que é possível aproveitar voos com conexão para conhecer mais um destino, quanto mais paradas no caminho, mais cansativa é a viagem

9 - Seja ágil


Após achar a oferta ideal para você, é preciso ser ágil. Como a demanda estará grande, muitas vezes você terá que tentar várias vezes até conseguir finalizar a operação. Para ajudar, vale usar a tecnologia do Voopter, único metabuscador que possui um calendário multidatas onde é possível selecionar até 4 dias para ida e volta (que não precisam ser do mesmo mês ou da mesma semana), descobrindo assim, qual é o período mais barato para a viagem.

10 - Crie alertas


Não achou o preço ideal para sua viagem durante a Black Friday? Então crie alertas. O Voopter também oferece a possibilidade do usuário criar alertas que o notificam por e-mail e/ou push notification quando a passagem de seu interesse estiver dentro do valor desejado. Basta colocar o destino, datas e preço que você quer pagar.