O que fazer em Salvador em 48 horas

Há 1034 dias

Axé, acarajé, sincretismo religioso, Jorge Amado, Carnaval mundialmente conhecido, Olodum... há muitos encantos em Salvador, e dá para escrever um guia sem fim das atrações maravilhosas dessa cidade.

Mas se você só pode passar dois dias na capital baiana, saiba que é possível senti-la e curti-la do mesmo modo. Basta priorizar alguns passeios, aproveitar as regiões que têm várias atrações próximas e evitar grandes deslocamentos.

Precisa de um roteiro? Então veja o que fazer em Salvador em 48 horas e boa viagem.

Dia 1

Amanheceu em terras soteropolitanas? Então apresse-se, corra para o centro da cidade e aproveite para explorar os pontos turísticos localizados na região e redondezas. Afinal, o tempo é curto e a cidade, grande.

Comece seu passeio pelo Pelourinho, que faz parte do Centro Histórico e é Patrimônio da Humanidade. Caminhe por suas ruas de pedra e ladeiras; contemple as edificações coloniais que datam do século XVII e XVIII; visite a Igreja e Convento de São Francisco (e se impressione com o dourado que brilha da catedral barroca); conheça a Catedral Basília, que fica do outro lado do Terreiro de Jesus; e dê um pulinho na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, localizada ma parte baixa do Pelô. Se for tirar fotos, tenha cautela, pois a região é um pouco perigosa.

Depois de se perder em meio às cores, ateliês e igrejas, não deixe de contemplar também uma apresentação do Olodum no Largo do Pelourinho e de visitar a Fundação Jorge Amado, que fica no mesmo local. O museu é incrível e é um convite para desvendar as obras de um dos mais famosos autores brasileiros (Capitães da Areia, aquele clássico que você provavelmente leu na escola, é dele). Vale a pena perder um tempinho por lá.

Já que está pelo Pelô, aproveite para almoçar por lá e ganhar tempo. Boas pedidas são o restaurante do SESC, que serve um bufê com comida tipicamente baiana, ou o restaurante do Hotel Villa Bahia. O pudim de caranguejo da casa é simplesmente de-lí-cia.

É do tipo que não dispensa uma sobremesa? Então a dica é provar e aprovar os mais de 30 sabores artesanais da tradicional Soverteria A Cubana, que fica na Rua Portas do Carmo. Há também a opção de comer o gelado da casa no Elevador Lacerda, que é o próximo ponto turístico onde você deve estar.

A sua próxima parada, que leva o título de primeiro elevador urbano do mundo, é, sem dúvida, um dos principais cartões-postais da cidade. Antes descer para Cidade Baixa, caminhe um pouquinho pela Praça Tomé de Sousa, onde está o monumento, e curta a impressionante vista da Baía de Todos os Santos, do Mercado Modelo e, ao fundo, do Forte de São Marcelo. Depois, desça, vá até o Mercado Modelo e em seguida caminhe até a Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia.

foto-editada-elavador-lacerda

Reserve o finalzinho da tarde para visitar o Museu de Arte Moderna de Salvador (MAM), que tem um dos principais acervos de arte contemporânea da Bahia e do Brasil. A sede do museu fica no Solar do Unhão, uma linda construção do século XV banhada pela Baía de Todos Santos. Saindo da Igreja Conceição da Praia, você pode pegar um taxi até o destino - a distância é um pouco mais de um quilômetro. O espaço é ideal para relaxar, pra apreciar arte e é o melhor lugar para contemplar o pôr do sol da cidade. Arrase nas fotos!

Mesmo depois de um dia cheio, não vai renunciar a uma noite baiana, né? Então a boa para a sua primeira noitada em Salvador é o bairro Rio Vermelho. Conhecido pelo clima boêmio e por ser a região favorita dos artistas soteropolitanos, o local oferece desde várias opções de bares, casas de show, boates até barraquinhas de acarajé (o da Dinha é imperdível). Divirta-se!

Dia 2

Porto da Barra, Farol da Barra, Vitória, Senhor do Bomfim e Ribeira ... Essa é a sua programação para o segundo dia em Salvador. Bora?

Comece abrindo os trabalhos no Porto da Barra e dê aquele mergulho revigorante para renovar as energias. A praia, umas das favoritas dos soteropolitanos, embora seja pequena (são apenas 600 metros de extensão), é uma ótima opção para banho. Ela é cercada por arrecifes que formam piscinas naturais de águas calminhas, transparentes e - o melhor - quentinhas. Ou seja, é super recomendado gastar boa parte da manhã aqui.

Depois da prainha, desloque-se para o Farol de Santo Antônio, mais conhecido com Farol da Barra, que fica bem próximo. O espaço, além de seu um dos principais pontos turísticos da capital, proporciona uma vista espetacular e é o lar do o Museu Náutico da Marinha. Uma boa pedida também é subir as escadarias da torre de 22 metros de altura e garantir uma visão privilegiada da Baía de Todos os Santos e do mar aberto. Registre tudo.

foto-edita-farol

Hora do Almoço? Já que está pela Barra, nada mais apropriado do que comer por ali mesmo. A região é muito bem servida de restaurantes e há opções para todos os gostos - o Le Bistrot é o meu favorito! Bem próximo à região, o Shopping Barra ofere também muitas outras alternativas gastronômicas. Aproveite!

Depois do almoço, ''ande com fé'' e vá até o nobre bairro Vitória (são cerca de 27 minutos andando pela orla). A região é basicamente formada pelo Corredor da Vitória - trecho da Av. Sete de Setembro que vai do Largo da Vitória até Campo Grande. Aproveite para caminhar pelo arborizado corredor, visitar a igreja e apreciar algumas casas culturais (o Museu Carlos Costa Pinto é uma boa).

Sobrou pique para visitar uma das mais famosas igrejas da cidade? Claro, né? Então o próximo destino é a imperdível Igreja de Nosso Senhor do Bomfim. O templo fica um pouco longe do bairro Vitória, por isso a melhor opção é pegar um taxi (são aproximadamente 32 minutos de carro). Admire a igreja, amarre sua fitinha do Bomfim e faça seus três pedidos. Pronto! Leve toda fé da Bahia para casa.

Já que está por ali, a boa é seguir para a Ribeira e terminar a viagem por lá. Se ainda der tempo de admirar o pôr do sol na região, faça-o, pois é imperdível. Se não der, também não tem problema. Já que o bairro tem fama de boêmio, é um ótimo local para botecar e pra se despedir de Salvador.

----

E aí, curtiu o roteiro?! Então veja as passagens aéreas para Salvador encontradas por usuários do Voopter nas últimas horas, e boa viagem!

[advanced_iframe securitykey="cd16ab14c6fccf40a0ad5795eabcb24469bc3f99"  src="http://voopter.com.br/ofertas-blog/para-salvador/SSA"]

Esta oferta/dica foi escrita por Plantão Voopter

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções