Lisboa caiu nas graças dos brasileiros. Demorou para acontecer, mas agora Portugal virou a nova queridinha dos viajantes na Europa. Não é à toa que o país foi eleito o Melhor Destino Turístico do Mundo, pelo World Travel Awards*, o Oscar do Turismo, em 2017. Poucas cidades no mundo são tão encantadoras. Gastronomia excelente, paisagens de tirar o fôlego, custo baixo em comparação com outros países europeus e a língua portuguesa são apenas alguns dos motivos para você visitar Lisboa. Inspire-se com nossas dicas de o que fazer em Lisboa e boa viagem!


O QUE FAZER EM LISBOA


Programe-se para ficar, no mínimo, quatro dias inteiros em Lisboa. O transporte público da cidade funciona super bem; tem elétrico (bonde), metro (metrô) e comboio (trem). Mas não se esqueça de levar um tênis confortável porque você vai andar por muitas encantadoras ruelas de paralelepípedo. Confira os principais bairros e atrações da capital portuguesa:

 

O Elétrico 28




Tomar o elétrico 28 é uma ótima maneira de começar explorando Lisboa. O bondinho passa por diversos pontos turísticos, atravessando antigos bairros da cidade, como Graça, Alfama e Lapa. O ideal é pegá-lo em um dos pontos finais, na Praça Martim Moniz ou Campo de Ourique (pertinho da Casa de Fernando Pessoa) e ir até a outra ponta.


Praça do Rossio, Baixa




Localizada na região da Baixa, essa é uma das mais antigas praças da capital portuguesa. Em volta dela estão alguns dos mais importantes edifícios históricos da cidade, como Teatro Nacional D. Maria II, o Café Nicola e o Café Beira Gare, sem contar o pedestal bem no centro da praça com a estátua de Dom Pedro I (em Portugal ele é Dom Pedro IV). Partindo dela você ainda pode conhecer a Estação do Rossio, a Praça da Figueira, o convento do Carmo, o Terreiro do Paço e o Elevador de Santa Justa e seu miradouro, que garante uma linda vista de toda a Baixa e do Castelo de São Jorge. Para comer não faltam opções de restaurantes pela Rua Augusta e arredores.


Bairro de Alfama: Castelo de São Jorge, Catedral da Sé, Feira da Ladra e Fado




Pertinho da Baixa está outra região emblemática de Lisboa: o bairro da Alfama. O principal ponto turístico de lá é, sem dúvidas, o Castelo de São Jorge. Estamos falando de uma das construções mais antigas e imponentes de Lisboa, que sobreviveu a guerras e guarda muita história. Do Castelo é possível ver toda a cidade, com o rio Tejo ao fundo. A Catedral da Sé é outra parada obrigatória, assim como a Feira da Ladra - mercado de rua mais popular e antigo de Lisboa (funciona nas terças e sábados, entre 8h e 16h). A Alfama é ainda um bairro famoso por abrigar não apenas boas tascas (o botequim português), como a Tasca do Chico, como também as melhores casas de fado de Portugal, muitas escondidas em pequenas ruelas. É lá que encontra-se ainda o Museu do Fado.


Bairro de Belém: história e gastronomia




Famoso por seus pastéis de Belém, o bairro é parada obrigatória em qualquer lista de dicas de o que fazer em Lisboa. E não é apenas boas experiências culinárias que te esperam. A região possui uma forte importância histórica: foi de Belém que partiram os exploradores portugueses e é no bairro que estão alguns dos monumentos mais famosos de Lisboa: o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém e o Monumento aos Descobridores (vamos falar mais deles aqui embaixo!). Se você curte museus de arte moderna e contemporânea, não deixe também de visitar o Museu Coleção Berardo (localizado em uma das alas do Centro Cultural de Belém),  que abriga obras de Picasso, Andy Warhol, Mondrian, Joan Miró e muito mais. A entrada é gratuita! Belém está localizado a poucos quilômetros do centro histórico de Lisboa e pode ser acessada tomando bonde 15E saindo da Praça do Comércio.


Mosteiro d
os Jerônimos




Construído no século XVI, o Mosteiro dos Jerônimos é um monumento de mais de 300 metros de fachada. No seu interior uma linda igreja surge diante dos olhos. Um momento perfeito para fotografar e, porque não, agradecer por estar neste lindo destino. Na ala norte do Mosteiro encontra-se o túmulo de Fernando Pessoa; e na ala sul estão os túmulos do navegador Vasco da Gama e de Luís Camões. A entrada custa 10 € (bilhete individual). O bilhete conjunto que inclui Mosteiro dos Jerónimos + Museu Nacional de Arqueologia custa 12 €. E se você ainda tem dúvida se vale ou não visitar este monumento, considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO, saiba que em 2017 mais de 1,1 milhão de visitantes passaram por lá.


Fábrica de Pastéis de Belém




Bem próximo ao Mosteiro está esta deliciosa atração. Diz a lenda que foi nesta pastelaria que nasceu a receita do famoso doce português, hoje presente em muitas docerias do Brasil. O local funciona desde 1837 e seu interior é todo decorado com azulejos portugueses. Descansar enquanto saboreia um pastel é parada obrigatória, difícil mesmo é encontrar um assento livre. Mas a espera vale a pena.


Monumento aos Navegantes e Torre de Belém




Localizado em frente ao rio Tejo, o Monumento aos Navegantes (ou Monumentos aos Descobrimentos) marca o exato lugar de onde Pedro Álvares Cabral, em 1500, partiu com suas caravelas e descobriu o Brasil. De lá é possível caminhar pela orla do rio até encontrar outro símbolo turístico da cidade: a Torre de Belém, construída no século XVI para proteger a entrada do Rio Tejo de forças inimigas.


Bairro de Chiado e Bairro Alto:




Este é o bairro mais artístico de Lisboa, cheio de galerias, cafés, teatros e a histórica livraria Bertrand. É nele que está a famosa estátua de Fernando Pessoa, bem na frente do centenário Café à Brasileira. A Praça Luís de Camões, um dos cenários da Revolução dos Cravos, marca o limite entre o Chiado e o Bairro Alto, que é quase uma extensão do primeiro. Na Praça, não deixe conhecer a pastelaria Manteigaria União, que vende pastéis de nata por um euro. Se quiser sair para ver movimento e ruas cheias, mas não sabe o que fazer em Lisboa, saiba que no Bairro Alto você encontra uma das noites mais animadas de Lisboa, com muitos bares e restaurantes.


Parque das Nações: Oceanário de Lisboa, museus e shopping




A região do Parque das Nações é uma antiga zona industrial que foi totalmente renovada para a Expo Mundial 98 e hoje trata-se da aérea mais moderna de Lisboa, com um ar bem diferente do resto da cidade. Nela encontra-se um dos maiores aquários da Europa, o Oceanário de Lisboa; a Estação Oriente; o shopping Vasco da Gama e o Pavilhão do Conhecimento, onde está um museu de ciências interativo super interessante. É uma boa pedida de o que fazer em Lisboa com crianças!


Bairro da Graça: para ver Lisboa de cima




Logo acima da Alfama - e pertinho do Castelo de São Jorge - o bairro da Graça é o ponto ideal para conseguir belas vistas da cidade. Por estar localizado no alto de colinas, a região possui diversos miradouros, como o Miradouro do Largo da Graça e o Miradouro de Nossa Senhora do Monte. Também não faltam bons cafés e botequins, como a Tasca do Jaime, onde pode-se ouvir um belo fado.


Cais do Sodré: Mercado da Ribeira e boemia




Antiga zona portuária degradada, hoje o bairro desponta como novo reduto boêmio de Lisboa. É para lá que costumam seguir os mais dispostos depois que os bares do Bairro Alto ou do Chiado encerram as atividades (por lei, eles fecham às duas horas da madrugada). O ponto mais movimentado é a Rua Nova do Carvalho, conhecida por Rua Rosa, que fica fechada para os automóveis e tem parte do asfalto colorido. De dia, a boa é provar algumas delícias gastronômicas portuguesas no Mercado da Ribeira, situado num prédio dos anos 1800, mas todo renovado por dentro com uma gigante Praça de Alimentação. Outra parada pela região é o complexo LX Factory, moderna área com bares, lojas de design, restaurante e livrarias. Exposições e apresentações artísticas - e até festas - também costumam rolar no local.


Esticadinha até Sintra




É o bate-volta obrigatório de Lisboa. Localizada a cerca de 25 quilômetros de Lisboa, a Vila de Sintra reserva lindos castelos e palácios. A melhor maneira de chegar até lá é partindo de trem desde a estação do Rossio, numa viagem que dura cerca de 40 minutos. O Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, o Palácio Monserrate e a Quinta da Regaleira são os principais pontos para conhecer. No centro histórico, você encontra vários bares, lojinhas, restaurantes.

Veja também nosso post: 10 motivos para visitar Portugal


Agora que você já sabe o que fazer em Lisboa, veja abaixo os melhores preços de passagens aéreas encontrados pelos usuários do Voopter nas últimas horas. Voos de ida e volta, com taxas incluídas.


[advanced_iframe securitykey="cd16ab14c6fccf40a0ad5795eabcb24469bc3f99" src="http://voopter.com.br/ofertas-blog/para-portugal/PT?type_link=search"]