Viagens em família: adaptando os roteiros após a maternidade

Há 97 dias

O último capítulo da nossa série “Mães que viajam” vai mostrar que não é nada fácil se desprender dos filhos logo após a maternidade e programar viagens sem os pequenos é algo fora de cogitação para muitas mulheres. A alternativa então é rever as escolhas de hospedagem, destinos e roteiros. Esse é o caso da veterinária Karina Seixas, de 34 anos, que bateu um delicioso papo com a gente sobre o tema.

Apaixonada pelo mar, Karina teve a infância e adolescência marcadas pelas viagens entre São Paulo – sua cidade natal – e Ubatuba, no litoral do estado e, desde então, não parou mais de viajar. Era capaz de encarar longos voos e trajetos de carro por muitas cidades. Contudo, a chegada da pequena Clarice, hoje com 1 ano e 9 meses, mudou um pouco as coisas. Se antes ela topava "quase tudo", agora é preciso pensar duas vezes antes de definir um roteiro e cair na estrada.

Karina é apaixonada pelo mar

Ela não imagina viagens longe da filha e já até sabe como serão as “aventuras” pelo Brasil e pelo mundo a partir de agora. “Vou dar prioridade a destinos que tenham também programação destinada a crianças como, por exemplo, resorts onde tenhamos comodidade e diversão sem sair do lugar”, garante.

Leia a entrevista completa abaixo!

Voopter – Qual a memória que você guarda em relação às viagens na infância e adolescência?
Karina Seixas: As viagens que fiz ao longo da vida constituem 90% das minhas memórias afetivas. Com certeza, durante a infância e a adolescência, viver entre a cidade de São Paulo e Ubatuba, no litoral Norte do Estado, além de outras praias, me fizeram amar o ambiente próximo ao mar.

Em viagem pelo Nordeste brasileiro


Voopter – Nesses 34 anos, quais foram as viagens que mais te marcaram?
Karina Seixas:
Sem sombra de dúvidas, ir para Portugal, conhecer minha família. Mesmo que já tenham se passado 10 anos, ainda sinto o cheiro dos lugares por onde passei.

Voopter - Em relação às viagens, o que mudou depois que se tornou mãe?
Karina Seixas: Com certeza as dificuldades aumentaram. Agora minha programação fica mais restrita a ambientes com estrutura e segurança. A rotina também está mais desacelerada. Jamais faria viagens de avião, com percurso de carro incluso, pingando de cidade em cidade, como já fiz pelo litoral de Recife e Alagoas, por 15 dias.

Roteiros mudaram com a chegada da Clarice

Voopter - A partir de agora como vai definir os destinos a serem visitados? Você se imagina viajando sem a sua filha?
Karina Seixas -
Vou dar prioridade a destinos que tenham também programação destinada a crianças como, por exemplo, resorts onde tenhamos comodidade e diversão sem sair do lugar. Não tenho planos de sair de perto da minha filha, a menos que seja a trabalho.

Voopter - Você pretende incluir as viagens como um momento importante na vida da Clarice? Tem algum lugar que fará questão de levá-la um dia?
Karina Seixas:
Pretendo, sempre que possível, sair da cidade, mesmo que seja para um Hotel Fazenda na cidade vizinha, ou um final de semana na praia. Acredito que quanto maior o número de experiências agradáveis em diferentes lugares, maior a facilidade de interação com o meio, seja ele qual for. Tenho amigos que não gostam de praia, por ter areia, outros que não curtem o silêncio do interior, ou, o frio da montanha. Quero que minha filha tenha a oportunidade de se sentir à vontade, onde quer que vá. Faço questão de leva-la para conhecer a Disney. Assim, realizo meu sonho de criança, junto dela (rs).

Karina com a filha Clarice


Voopter - Na sua opinião, quais são os benefícios de viajar – seja para perto ou longe?
Karina Seixas:
Acredito que viajar nos ajuda a criar memórias e nos familiarizar ainda mais com o lugar de onde viemos. Viajar é bom. Mas, o melhor, depois de boas lembranças constituídas, é voltar para casa. Acredito que conhecer novas culturas, novos climas e novos lugares, nos enriquece em um valor inestimável.


Esta oferta/dica foi escrita por Natália Strucchi

Jornalista por formação, viajante por opção. E poder juntar as duas paixões numa profissão é a realização de um sonho. De Teresópolis (RJ) para mais de 20 países e centenas de cidades mundo a fora.... Toda essa andança me faz crer que viajar é muito bom, mas poder compartilhar toda esta experiência com outros viajantes é ainda muito melhor!

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções