Cliffs of Moher, a parte mais bonita da Irlanda

Há 134 dias

Os pubs irlandeses. Talvez seja isso que vem a sua cabeça quando você pensa num atrativo turístico na Irlanda. E se você pensou nisso, está certo! Há pubs para todos os lados, principalmente em Dublin, mas há uma infinidade de outras coisas a serem feitas e visitadas na terra do U2. Os parques de Dublin, a igreja de Saint Patrick, museus, Temple Bar e uma visita à centenária Guiness fazem parte do tour pela capital. Mas as belezas da Irlanda vão além de Dublin.... É preciso viajar para conhecer a parte mais bonita. E como o país é muito pequeno e as estradas são ótimas, nada melhor do que pôr o pé na estrada.

Cliffs of Moher vistos do alto! Créditos: Istock / Frank Mirbach

Nos mapas e folders turísticos há basicamente dois tours obrigatórios: uma pela Irlanda do Norte, passando por Belfast (a capital), Derry e Giants Causeway*. E uma outra para Cliffs of Moher e Galway. Escolhi a segunda opção por um motivo simples. Os “Cliffs of Moher” (falésias de Moher, em tradução literal) talvez sejam a imagem mais usada nos protetores de tela dos computadores. E por ver tantas vezes essa cênica paisagem, fiquei fascinado!

*Dica amiga: A Irlanda do Norte faz parte do Reino Unido e por isso a moeda oficial é libra (diferente da Irlanda onde a moeda é o euro). E dificilmente você encontrará algum estabelecimento que aceite euro, portanto se for visitar lembre-se de trocar seu dinheiro!

Os Cliffs já serviram de locação para diversos clipes musicais e filmes, entre eles Harry Potter. Isso ajuda a explicar os mais de um milhão de turistas que passam por lá anualmente, tornando esta atração a mais visitada do País. Mas os Cliffs só têm graça quando o tempo ajuda, portanto tente sempre checar a previsão do tempo antes de marcar sua viagem! 

De Dublin até a Costa Oeste da Irlanda são aproximadamente 2h de viagem. No trajeto, fazendas repletas de ovelhas vão surgindo. Casas grandes e coloridas vão dando o ar da graça e você inevitavelmente vai desejar viver um tempo no interior irlandês. Mas, ao menos pra mim, o sentimento mudou quando saí do carro e senti a ventania que sopra do mar. Independente do ano e da estação, os ventos sopram forte naquela parte da Irlanda.

Paramos o carro no estacionamento do parque e pagamos na hora a entrada - os ingressos (online) custam a partir de 4 euros. No Centro de Visitantes há mapas gratuitos que explicam a formação rochosa e outras coisas interessantes, como o conjunto de falésias com mais de 8 km de extensão ao longo da costa no Atlântico, com o paredão mais alto atingindo 214 metros!

Ao sair do Centro de Visitantes não há outra opção a não ser andar! E muito… E para o alto! São basicamente dois caminhos que você terá que escolher. E nada melhor do que fazer os dois! Comece subindo e siga  até a Torre de O’Brien - paga-se 2 euros para entrar e subir no alto da torre, mas não vale a pena! O local foi construído por volta de 1835 para servir como ponto de observação para turistas. Deu certo! Faça muitas fotos e aproveite para recuperar o fôlego para seguir caminhando, dessa vez pro lado oposto. A trilha agora muda, saem as subidas e entram piso de terra. Se estiver chovendo, prepare-se para a lama! Valerá a pena todo o esforço!

Cliffs em dia de sol e chuva! Créditos: Istock / Liseykina

Nesta parte da trilha há marcações para que os visitantes não saiam do caminho. Mas como não há fiscalização, alguns corajosos (ou loucos) caminham pela beira em busca de uma foto perfeita. Não esqueça que você está numa falésia e pedras podem rolar! Sua segurança vem antes de uma boa foto, portanto seja prudente!

Caminhe até quando aguentar! Os 8km de trilha que mencionei seguem nesta direção! Há quem faça correndo, se exercitando, mas são poucos! A vista mais bonita está concentrada próximo à torre e como você provavelmente seguirá viagem, é melhor aproveitar ao máximo essa parte dos Cliffs of Moher.

Gostou das nossas dicas? Ficou curioso em visitar? Então confira abaixo algumas dicas para visitar os Cliffs of Moher

  • Alugue um carro. Mas não se esqueça que por lá é mão inglesa! Caso prefira, há grupos de brasileiros no Facebook que fazem essa excursão. Acaba saindo mais barato do que um tour oficial!
  • Consulte a previsão do tempo e só reserve o passeio se a previsão for favorável. Ir para lá com dia nublado é perda de tempo!
  • Leve casaco! Independente da época do ano, vai ventar e fazer frio, portanto esteja encasacado!
  • Capa de chuva é sempre bem-vindo! O tempo na Irlanda é totalmente imprevisível e chove, ainda que por 5 minutos, praticamente todo o dia!
  • Saia cedo de Dublin e tente conjugar esse passeio com uma visita a pequena e charmosa Galway. A viagem fica cansativa, mas valerá a pena!
  • Leve dinheiro. Há muitas barracas no entorno do parque onde estão os Cliffs of Moher e a maioria não aceita cartão!

Esta oferta/dica foi escrita por Diego Verticchio

Jornalista, carioca (de Niterói) e flamenguista. De todas as paixões, a maior é ser pai do Pedro e da Manuela. E a segunda é viajar. E quando tem uma viagem em família a coisa fica muito melhor!

Viaje mais pelo Brasil e pelo mundo

Encontre as passagens mais baratas com o Voopter

Buscador

Compare as tarifas de companhias aéreas, de agências e sites de milhas

Buscar Passagens

Quando viajar?

Quando viajar pagando barato partindo do Rio de Janeiro?

Planejar viagem

Alertas

Não achou o preço da passagem que você queria? Crie um alerta!

Criar um alerta

Promoções e Dicas

Seja o primeiro a receber promoções e dicas de viagem.

Cadastre-se

Voopter Mobile

Baixe o nosso app, encontre passagens baratas e seja notificado com as melhores promoções