Não há dúvidas de que escolher uma boa hospedagem ajuda muito para o sucesso da viagem. E nem sempre é preciso pagar caro por isso. Hospedar-se em um hostel (ou albergue, como preferir) é uma boa alternativa para economizar no orçamento.

“Ah, mas os albergues são para os jovens, não gosto de compartilhar quartos…”. Nada disso. Já passou do tempo de achar que hostels são apenas para mochileiros em busca de hospedagem barata. O que não falta são opções de albergues para todos os bolsos e estilos. Ah, e saiba que além dos dormitórios compartilhados, muitos deles também oferecem quartos privados.

Se você ainda está na dúvida se troca ou não seu hotel por um hostel no próximo roteiro, veja 9 hostels na Europa que vão acabar com essa indecisão.


Casa Gracia - Barcelona




Conforto de hotel 5 estrelas, decoração moderna, gastrobar (o La Paisana, com menu de almoço custando 14 euros) e cozinha suuuuper equipada são apenas alguns dos atrativos do Casa Gracia em Barcelona. Ainda há espaços comuns com aulas de ioga, exposições culturais, shows e biblioteca. O hostel oferece camas em dormitórios (a partir de 27 euros), quartos individuais ou mesmo apartamentos para até 6 pessoas. A localização é outra vantagem. No charmoso bairro de Grácia e pertinho da praça Catalunya (localização ideal para conhecer as casas de Gaudí). Café da manhã incluso na diária.

Soul Kitchen - Rússia




Se você está pensando em embarcar para a Rússia na Copa do Mundo e quer uma hospedagem bem localizada, econômica e acolhedora, confira o Soul Kitchen.  Instalado num edifício neo-barroco com mais de 150 anos de história às margens do Rio Moska, ele foi eleito o nº1 na lista de melhores albergues da Europa pelo Hoscars em 2017 (o “Oscar” dos hotéis). É possível encontrar diárias a partir de 17 euros; e você escolher entre quartos compartilhados ou privados. E mais: uma vez por semana, um chef de cozinha local prepara um menu típico.

Lavender Circus - Budapeste




Impossível não se encantar com a excêntrica decoração do Lavender Circus em Budapeste, repleto de móveis e objetos antigos. Parece coisa de filme. Apesar de ser um hostel, o Lavender Circus trabalha apenas com habitações privadas. Cada quarto é decorado com desenhos exclusivos feitos à mão e o hostel ainda fica em um edifício histórico bem no centro da cidade. Café e chá estão disponíveis o dia todo e a equipe organiza jantares húngaros para enturmar os viajantes enquanto bebem uma tradicional palinka, típica cachaça de frutas da região. Se quiser uma alternativa com opções de quartos compartilhados também, procure o Maverick City Lodge.

Cocomama - Amsterdam




Amsterdam não é dos destinos mais baratos na Europa. Faça uma pesquisa e você vai perceber que não é fácil conseguir hotéis por menos de 100 euros/dia. Pra economizar sem perder no conforto, vale a pena conferir Cocomama, com diárias a partir de 33 euros. Esse hostel boutique ocupa o prédio de um antigo bordel da década de 30 e ainda está localizado no descolado bairro De Pijp (pertinho do Albert Cuyp Market). Possui quartos privativos e dormitórios compartilhados.

Generator Berlin Mitte - Berlim




O Generator faz parte de uma rede com unidades também em Londres, Barcelona, Amsterdam, Roma, Paris, Madri… Em Berlim, ele está em dois endereços. Mas o Berlin Mitte garante a melhor localização: perto de muitos bares e de diferentes meios de transporte público. Além do design moderno e do clima festivo, o hostel tem um ótimo custo benefício, com suítes privadas a partir de 50 euros e compartilhados desde 17 euros. No destino, outras boas opções são o Wallyyard Hostel e The Cat’s Pajamas, que promete um clima mais tranquilo e intimista (dormitório a partir de 15 euros).

OOps Design - Paris




Paris é um dos destinos mais caros da Europa. Inclusive na hospedagem. Em média, os valores ficam entre 120 e 150 euros de diária (sem café da manhã). Para fugir dos preços salgados, uma boa pedida é procurar os boutiques ou design hostels, que costumam oferecer mais conforto que os albergues comuns, como o Oops Design. Ele possui diárias desde 27 euros em quartos compartilhados e 70 euros em quartos privativos. Anote aí outras boas alternativas: 3 Ducks, Vintage Boutique, The Loft Boutique Hostel, Plug-Inn Boutique Hostel e o MIJE.

Home Lisbon Hostel - Lisboa




Lisboa é o paraíso dos hostels. O destino sempre está presente no “Oscar” dos albergues. E na edição de 2017, ele foi o país que mais levou prêmios. Um dos contemplados foi o Home Lisbon, na categoria de Melhor Hostel de Médio Porte. Localizado em uma das áreas mais badaladas de Lisboa, no Chiado, ele oferece quartos compartilhados a partir de 12 euros! Além da excelente receptividade e do aconchego, as refeições lá tem um toque super especial. Todas as noites acontece o Jantar da Mamma, com pratos típicos preparados com muito amor e cuidado pela própria mãe do proprietário. Outras alternativas na capital portuguesa são: Yes! Lisbon Hostel, Lost Inn Lisbon, Travellers House, Lisbon Calling, The Independente e o Goodmorning Lisbon.

The Hat - Madri




Primeiro hostel boutique de Madri, o The Hat possui dormitórios compartilhados e suítes com qualidade de hotel. A localização é ideal, pertinho de pontos como a Plaza Mayor e Puerta del Sol. Outro grande destaque está no bar/terraço que garante uma vista incrível da cidade - perfeito pra tomar um vinho, ver o pôr do sol ou aproveitar os jantares pop-up organizados no espaço. Ele é também o primeiro hostel ecológico da cidade, que usa biomassa como fonte de energia. Quer mais alternativas em Madri? Veja também o Far Home Atocha, Room007 e o famoso U Hostel.

Caveland Karterados - Santorini, Grécia




Nada mal passar uns dias na paradisíaca ilha de Santorini, na Grécia. Mas seus dias podem melhorar ainda mais hospedando-se no charmoso Caveland. O hostel abriga oito cavernas transformadas em habitações e instaladas em uma antiga adega do século XVIII. Terraço com piscina, vista pro mar e aulas de ioga completam os atrativos. Dica amiga: a estadia é disputada, ou seja, melhor pesquisar sempre com antecedência.

E aí, vai embarcar para onde? Encontre os melhores preços de passagens aéreas para a Europa e veja também as melhores ofertas de hospedagem.