Não é à toa que a icônica ponte Golden Gate é figurinha fácil nos filmes norte-americanos. Localizada no litoral norte da Califórnia, a cidade de São Francisco é considerada por muitos o destino mais bonito dos Estados Unidos e já serviu de cenário para mais 1.200 películas. Com seus bairros multiculturais, muitas ladeiras e seu charmoso bondinho, San Fran é um destino único nos EUA. Veja nossas dicas e saiba o que fazer em São Francisco gastando nada (ou muito pouco):


Dica amiga: São Francisco é famosa por suas ladeiras. Ainda assim, caminhar pela cidade é o melhor jeito de descobrir seus encantos. Por isso, esteja preparado para o sobe e desce.

1) Faça um tour gratuito e aprenda sobre a história de São Francisco


A empresa San Francisco City Guides oferece diversos passeios culturais super interessantes pela cidade. Há roteiros temáticos, como este em que os viajantes visitam locações presentes nos filmes de Hitchcock; e ainda outros que apresentam os diferentes bairros de São Francisco. Para participar é só aparecer no local marcado e procurar o guia. No fim do tour, você pode deixa uma contribuição. É o passeio ideal para quem quer conhecer mais sobre a história da cidade.

2) O clichê querido da viagem: Golden Gate Bridge




Atravessar a Golden Gate, principal cartão-postal da cidade, é atração obrigatória em qualquer lista de O que fazer em São Francisco. Se não quiser gastar com o aluguel da bicicleta, saiba que a ponte fica aberta para os pedestres durante o dia. Mas seus 2,7 quilômetros são mais fáceis de serem percorridos de bike, né? Há dois mirantes ao longo da Golden Gate. Mas se quiser garantir uma vista privilegiada "de fora", vá até Crissy Field, região perfeita para curtir ainda um piquenique e tirar muitas fotos desse icônico monumento.

3) Conheça a rua mais torta do mundo e ladeira mais famosa de San Francisco




Pertinho da praça Ghirardelli (guarde este nome, pois trata-se também de uma das mais famosas lojas de chocolate da cidade), está a mais procurada rua de São Francisco. Com oito tortuosas curvas, belas casas e muitas flores, a Lombard Street ficou famosa por sua ladeira super íngreme em zigue zague. Se bater aquela dúvida sobre se vale a pena ou não subir até o fim, saiba que uma linda vista de São Francisco te espera lá no alto!

4) Turistão, mas clássico: ver os leões marinhos tomando sol no Píer 39




É um passeio beeeem turistão, sim. Mas passear pelo calçadão da Fisherman’s Wharf é daqueles programas tradicionais dos viajantes. É no Píer 39 que você consegue não apenas ver os (nem sempre simpáticos) leões marinhos, como também garantir um belo visual da ilha de Alcatraz. O local reúne ainda várias lojinhas e restaurantes (como a padaria Boudin, famosa por seus pães em formatos inusitados de bichos), mas com preços salgados.

5) Aproveite a trilha que vai de Ocean Beach até Baker Beach




No extremo oeste da cidade, Ocean Beach está entre as mais famosas praias de São Francisco. A primeira parada é no restaurante Cliff House, que possui uma área externa com vista para o Pacífico. De lá você pode seguir pela costa até Lands End, parque de onde dá para ver a Golden Gate e garantir boas fotos. Saindo do parque é possível encontrar indicações para chegar até Baker Beach. Para fechar o passeio, siga até Presidio Park para curtir o pôr do sol.

6) Curta o pôr do sol na Alamo Square




As casas no estilo vitoriano estão entre os destaques da arquitetura local. Na Alamo Square, uma das mais lindas praças da cidade, você encontra as Painted Ladies, conjunto famoso de casinhas vitorianas que é um dos principais cartões postais de São Francisco. Se você é fã de séries antigas, deve conhecê-las do seriado Três é Demais. Vá no final da tarde e fique para curtir o pôr do sol.

7) Verão em São Francisco? Confira as apresentações gratuitas pelas ruas e parques


Durante o verão, a companhia de teatro Free Shakespeare in the Park apresenta peças do dramaturgo inglês em parques da cidade. Há também os espetáculos da São Francisco Mime Troupe e outras atrações musicais gratuitas que ocupam espaços públicos da cidade.

Os bairros “temáticos” de São Francisco, um capítulo à parte:


Uma das coisas mais legais de São Francisco são seus distritos cheios de personalidade e características marcantes. Percorrer cada bairro é uma ótima forma de entender como o destino tornou-se famoso por sua faceta liberal e moderna.

8) Haight Ashbury, o bairro mais paz e amor que você vai conhecer




Cheio de barzinhos, lojas, brechós, livrarias e restaurantes, Haight Ashbury está entre os bairros mais descolados e boêmios de São Francisco. A área foi palco de diversos movimentos culturais e sociais, em especial da revolução hippie nos anos 60. Ainda hoje, muitas referência da cultura “Paz e amor” ainda são encontradas por lá. Para os amantes da música, a loja de discos Amoeba é parada obrigatória, repleta de clássicos para ficar horas adorando; além de receber shows de artistas independentes. Pertinho dela, você também consegue conferir a casa onde viveu Janis Joplin. 

9) A mais linda Chinatown fora da China




Prepare-se para conhecer a maior - e mais colorida - Chinatown do mundo fora da Ásia! Entre as mais famosas paradas está o Dragon’s Gate, portão de entrada do bairro. Você não pode deixar de conhecer o Tin How Temple, templo “escondido” no terceiro andar de um prédio, datado de 1852, período em que os chineses não podiam frequentar outras áreas da cidade. Outra parada obrigatória é a Vital Tea leaf, loja de chás cujo dono é famoso pela simpatia, e que oferece degustação gratuita. Quer mais? Vale ainda visitar a fábrica de biscoitos da sorte Golden Gate, que fabrica biscoitinhos desde a década de 60. Se quiser, conheça também a Grace Cathedral, catedral cristã que chama atenção por suas imagens de São José, Virgem Maria e menino Jesus de olhinhos puxados.

Dica amiga: nas terças-feiras acontece uma aula aberta de ioga na Grace Cathedral. A atividade é gratuitas, mas contribuições são bem vindas.

10) Percorra o bairro italiano e mergulhe na história do movimento beatnik


Chinatown está localizada bem na fronteira com North Beach, o bairro italiano, e o distrito financeiro de São Francisco. A esquina das ruas Broadway & Columbus divide os três bairros, e para marcar a junção das três culturas, encontramos palavras escritas em inglês, chinês e italiano pelo chão; além dos livros pendurados que remetem à geração beatnik (se quiser aprender mais sobre o movimento, visite o The Beat Museum). Não deixe de conhecer o Vesuvio Cafe e a livraria City Lights.

11) Mission District: verde e grafite


foto: Dale Cruse

O que fazer em São Francisco num fim de semana de sol? Ir ao Parque Dolores. Apesar de não competir com outros parques mais bonitos da cidade, como o Golden Gate Park e o Presidio Park, essa pequena área verde do bairro de Mission District está sempre movimentada. Depois de curtir o descanso pela grama, caminhe para conferir as dezenas de murais de grafite espalhados pelas ruas. Os mais famosos desenhos ficam nos becos Balmy Alley e Clarion Alley. O Women’s Building, fundado para ser um centro de encontros feministas, abriga uma ONG voltada ao empoderamento feminino e sua fachada também merece atenção. 

12) Castro: o bairro mais gay friendly do mundo




São Francisco é considerada a capital gay do mundo. E o coração do movimento pelos direitos LGBT é o bairro de Castro.  Lá você vai encontrar ótimas lojas, cafés, restaurantes e se você não sabe o que fazer em São Francisco pela noite, Castro é o lugar certo - independente da sua orientação sexual ou gênero, viu? Não deixe de fazer uma parada de importância histórica no Twin Peaks, primeiro bar gay de São Francisco a ter janelas (antes dele, todos os bares gays eram escondidos). Outro ponto importante é o Castro Theater (que é um cinema, e não um teatro), com sua fachada vintage. Lá acontecem os animados Sing Alongs, onde famosos musicais passam com legenda e toda a plateia canta junto. Não é um programa gratuito, mas vale o investimento. Pertinho de lá você ainda encontra um pequeno museu LGBT que conta a história do bairro.

Dica amiga: o clima em São Francisco é super inconstante, por isso, independente da estação e do clima, leve SEMPRE um casaco nos seus passeios.

E aí, curtiu nossas dicas de O que fazer em São Francisco para economizar no roteiro? Veja abaixo os melhores preços de passagens aéreas encontrados pelos usuários do Voopter nas últimas horas ou faça sua própria pesquisa no site do Voopter.


[advanced_iframe securitykey="cd16ab14c6fccf40a0ad5795eabcb24469bc3f99"  src="http://voopter.com.br/ofertas-blog/para-san-francisco/SFO?type_link=search"]