Os brasileiros que estão de olho em viagens para os Estados Unidos já têm mais um bom motivo para arrumar as malas e conhecer a terra do Tio Sam. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou o acordo de joint venture entre a Latam e American Airlines. Na prática, os passageiros brasileiros terão acesso a preços mais baixos, novas conexões e mais rotas para viajar entre os dois países.

O acordo envolvendo os dois grupos inclui todos destinos onde a Latam opera. Além do Brasil, a Latam obteve também aprovação dos órgão competentes da Colômbia e Uruguai. Em nota, a companhia afirmou que segue confiante de que, assim como o Cade, as autoridades de livre concorrência de outros países sul-americanos vão aprovar este acordo. É necessário ainda o sinal verde dos órgão reguladores dos Estados Unidos. Quando isso acontecer, ambos os grupos poderão compartilhar seus voos, dividir as despesas e as receitas.

O CEO do Grupo Latam, Enrique Cueto, garante que este acordo irá beneficiar principalmente os passageiros brasileiros. Cueto diz ainda que esta join venture é mais amplo que um codeshare (compartilhamento de rotas) e que trata-se de uma tendência entre grupos aéreos. Além da American Airlines, a Latam mantém acordo similar com a IAG (Ibéria e British Airways),  feito no primeiro semestre do ano. “Podemos potencializar ainda mais o turismo e as viagens de negócios, aumentando o tráfego de passageiros norte-americanos para os múltiplos destinos que o Brasil oferece aos seus visitantes”, afirma Cueto.

BENEFÍCIOS


A join venture entre companhias aéreas é um passo a mais do tão praticado codeshare. Na verdade, trata-se de um compartilhamento mais completo, envolvendo não só rotas como despesas e receitas. Já para os passageiros, essas join ventures representam mais chances de voar pagando preços mais justos. Confira alguns benefícios, apontados pela Latam, sobre estes acordos (com AA e IAG):

- Acesso a uma rede de mais de 420 destinos para a Latam (Europa, Estados Unidos, Canadá e América do Sul).

- Mais voos e melhores tempos de conexão com: 2.500 voos diários da AA nos Estados Unidos e no Canadá; Mais de 900 voos diários da British Airways e da Iberia na Europa.

- Mais assentos disponíveis e melhores preços para os destinos não operados pelo Grupo Latam.

- Potencial de desenvolvimento de novas rotas e mais voos diretos a destinos novos ou já operados pelo Grupo Latam.

- Mais opções na hora de alterar seus voos nas rotas incluídas no acordo.

- Novos destinos e serviços para os associados dos programas de passageiros frequentes Lanpass e Tam Fidelidade.

Veja abaixo alguns voos internacionais da Latam, encontrados pelos usuários do Voopter nas últimas horas. Depois que o acordo entrar em vigor, essa lista será ainda maior!


[advanced_iframe securitykey="cd16ab14c6fccf40a0ad5795eabcb24469bc3f99" src="http://voopter.com.br/ofertas-blog/para-destinos-internacionais/com-latam/JJ"]